07 de dezembro de 2021
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

EVENTOS - 07/12/2021

Virada Sustentável Salvador apresenta programação gratuita com shows, intervenções urbanas e debate sobre mudanças climáticas

Ouvir a matéria:
Virada Sustentável Salvador apresenta programação gratuita com shows, intervenções urbanas e debate sobre  mudanças climáticas

Com programação diversa e gratuita, a Virada Sustentável Salvador fomenta a adoção de novas práticas, utilizando a cultura como instrumento de construção de um futuro mais sustentável. Durante cinco dias, entre 15 e 19 de dezembro (quarta a domingo), o festival oferecerá mais de 20 atividades, incluindo manifestações teatrais, de dança, circo, literatura, diálogos e intervenções urbanas. O evento, que conta com o apoio da Ball e patrocínio da Braskem e do Governo da Bahia, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura, será realizado em formato híbrido, intercalando a programação presencial e online por meio do canal da Virada no YouTube (www.youtube.com/viradasustentavel).

 

Através de performances, discussões e exposições de obras de artes locais e internacional, o festival, que é o maior sobre cultura e sustentabilidade na América Latina, trará novos olhares para o debate sobre mudanças climáticas. "Aproveitamos o potencial transformador da cultura para refletir sobre a urgência de adotarmos novas práticas que garantam um futuro mais sustentável. Mais do que entreter, a arte abre diálogos sobre temas relevantes para a sociedade, facilitando a conscientização e alcançando uma mudança real de atitudes", explica Fernanda Bezerra, curadora artística da Virada Sustentável.

 

Por meio de exemplos práticos, a Virada demonstra que é possível adotar hábitos sustentáveis em seu dia-a-dia. Esse ensinamento será reforçado na estação sustentável Braskem recicla, que será instalada na praça Cayru com patrocínio da Braskem. No local, o público será orientado sobre a importância da coleta seletiva  e como descartar corretamente seus resíduos, além de vivenciar uma experiência interativa e educativa sobre economia circular. "O acesso à informação é uma ferramenta chave nesse processo de despertar da população para as práticas sustentáveis. Com conhecimento, compreendemos como a mudança de ações simples, como separar nossos resíduos e o descarte correto destes, tem impacto positivo no planeta", pontua Ana Laura Sivieri, Diretora de Marketing e Comunicação da Braskem.

 

O festival, que acontece logo após a 26ª Conferência Mundial do Clima das Nações Unidas (COP26), também cumprirá um papel essencial de conectar a capital baiana com as discussões recentes e mais relevantes sobre as mudanças climáticas, ampliando o debate com viés emergentes, como justiça climática, racismo ambiental e ativismo juvenil. Esses assuntos vão pautar o Fórum Virada Sustentável Salvador, que terá como convidados quatro participantes que representaram o Brasil na COP26: a indígena baiana Alice Pataxó, a jovem embaixadora da ONU Amanda Costa, a ativista e influencer Ellen Monielle e o professor de história, fundador da Uneafro Brasil e representante da Coalizão Negra por Direitos, Douglas Belchior.

 

Cultura - Como é tradicional em todas as edições da Virada, as manifestações artísticas são um importante diferencial do festival. Esse ano um dos destaques é a obra de arte "Eggcident", do artista holandês Henk Hofstra, que fez sucesso pelos países por onde passou e é inédita em Salvador. Com a instalação de ovos gigantes na calçada do Mercado Modelo, no Comércio, entre 15 e 19 de dezembro, essa intervenção urbana faz um alerta para o aquecimento global. Ocupando uma área de 70 m² (cada ovo), poderá ser visto por quem caminha nas ruas do Comércio, mas também do alto do Elevador Lacerda, um dos principais cartões postais da capital baiana.

 

O bairro do Comércio, centro antigo de Salvador, também será palco para outras intervenções urbanas. Por meio de murais instalados na fachada de prédios da região, artistas locais, vinculados ao Movimento Urbano de Arte Livre, vão construir murais utilizando técnicas de graffiti, pintura, stencil e desenho. As obras, produzidas por Sirc, TarcioV, Isabela Seifarth e Zana Nacola, terá a preservação ambiental com mote principal e ficarão como legado da Virada Sustentável.

 

Já a sala do coro do Teatro Castro Alves (TCA) e o Palacete das Artes serão palcos de shows, contações de história e apresentações artísticas, com destaque para a Orquestra Rumpilezinho, que fará, no domingo, 19, encerramento do festival, uma homenagem ao maestro e compositor Letieres Leite, ícone da música afro-brasileira que morreu esse ano. Durante a Virada, também será realizado o BaZá RoZê no Palacete das Artes, reunindo  expositores de moda, arte, decoração, entretenimento e gastronomia.

 

Para acessar o TCA e Palacete das Artes é necessário apresentar o comprovante de vacinação contra o coronavírus. A programação completa está disponível no site da Virada (https://www.viradasustentavel.org.br/programacao-2021).

 

 

Confira a programação completa da Virada Sustentável:

 

 

Sala do coro - Teatro Castro Alves

Entrada gratuita

Ingresso: retirar 1h antes do evento na bilheteria do TCA, mediante lotação do espaço
Obrigatória apresentação de comprovante de vacinação contra coronavírus



15/12 (quarta-feira)

 

18h - Abertura do Fórum Virada Sustentável Salvador: Economia circular e economia criativa + Show Quabales

A mesa de abertura do Fórum Virada Sustentável Salvador aborda a relação entre sustentabilidade ambiental e criatividade.

 

André Carvalhal (remota)

Escritor, consultor e especialista em design para sustentabilidade. Autor dos best-sellers "Como salvar o futuro", "Moda com Propósito", "A moda imita a vida" e do finalista do prêmio Jabuti 2019 "Viva o fim: Almanaque de um novo mundo".

 

Renata Motta (presencial)

Arquiteta, cenógrafa e diretora de arte, tem mais de vinte anos de experiência na área de cenografia e cerca de cem projetos realizados - envolvendo criação de cenários, direção de arte e cenografia para cinema, curadoria, consultoria e realização de workshops.

 

Saville Alves (presencial) - apresentação do case Braskem recicla
Fundadora da startup baiana Solos, que desenvolve soluções para 
reduzir o lixo nas cidades.

 

 

16/12 (quinta-feira)

 

17h - Mesa Salvador das Águas: Fórum Clima Salvador na Virada Sustentável

Como Salvador pode ser impactada pela elevação do nível dos oceanos em consequência das mudanças climáticas?

 

José Landim (presencial)

Geólogo, Mestre em Geologia pela Universidade Federal da Bahia e Doutor em Geologia e Geofísica Marinha pela Universidade de Miami - RMAS - EUA.

 

Virgílio Machado (remota)

Coordenador do Fórum Clima Salvador e do Instituto Taoca. Ambientalista, colabora com a gestão de uma série de projetos socioambientais na Bahia.

 

Leticia Moura (remota)

Ambientalista e coordenadora do Fórum Clima Salvador. É mestre em engenharia industrial com foco em tecnologias limpas e processos ambientalmente amigáveis pela UFBA, tendo, atuado como pesquisadora no tema de conservação no uso da água na Rede de Tecnologias Limpas (Teclim) no Departamento de Engenharia Ambiental da UFBA (2008 a 2012).

 

18 h - Mesa Juventudes e ativismo climático

Amanda Costa e Ellen Monielle, que representaram o Brasil na COP26, em Glasgow, e o jovem influencer Kaique Brito falam como as redes sociais são importantes ferramentas para aproximar os jovens do debate sobre mudanças climáticas.

 

Amanda Costa (remota)

Ativista climática, jovem embaixadora da ONU, delegada do Brasil no G20 Youth Summit e em 2021 entrou para a lista #Under30 da revista Forbes. Entusiasta pela Agenda 2030, tem o objetivo de mobilizar jovens para construírem um mundo inclusivo, colaborativo e sustentável.

 

Ellen Monielle (remota)

Graduada em Relações internacionais pela Universidade Potiguar, graduanda em Gestão Ambiental pelo Instituto Federal da Paraíba e mestranda em Gestão Pública e Cooperação Internacional pela Universidade Federal da Paraíba. Desde cedo, focou seus estudos em pautas ecológicas, alimentares e amazônicas. É criadora de conteúdo digital no Instagram @eco.fada.

 

Kaique Brito (presencial)

Jovem influencer e embaixador da WWF-Brasil. Viralizou nas redes sociais com conteúdos humorados sobre racismo e questões ambientais.

 

 

19h20 - Show Zé Manoel

 

17/12 (sexta-feira)

 

17h - Mesa Justiça Climática e Racismo ambiental

Qual a relação entre a defesa do meio ambiente, o combate às mudanças climáticas e a luta antirracista?

 

Douglas Belchior (remota)

Professor de história, fundador da Uneafro Brasil, rede de cursos para jovens e adultos da periferia. Membro da Coalizão Negra por Direitos e coordenador de articulação de projetos do Fundo Brasil de direitos humanos.

 

Raimundo Nascimento (presencial)

Coordenador do Observatório do Racismo Ambiental de Salvador.

 

18h - Mesa de Encerramento - Direto à terra: Onde as lutas se encontram

 

Alice Pataxó

Ativista e comunicadora, baiana é fundadora do canal Nuhé no YouTube, jornalista do Projeto Colabora, colunista no Yahoo Brasil e bolsista do Malala Fund.

 

19h20 - Performance de Taina Cerqueira  e show de Nara Couto

 

 

18/12 (sábado)

 

18h - Shows de Hiran  e Rachel Reis

 

19/12 (domingo)

 

18h - Show Rumpilezinho - Homenagem a Letieres Leite

 

 

Palacete das artes - programação infantil
Entrada gratuita e livre mediante lotação do espaço
Obrigatória apresentação de comprovante de vacinação contra coronavírus

 

 

 

18/12 (sábado)

 

14h30 - Contação de histórias Teatro Grio

 

15h10 - A sanfonástica Mulher Lona

 

16h30 - Balé do TCA

 

 

19/12 (domingo)

 

14h30 - Nariz de Cogumelo Clássicos

 

15h30 - Orquestra Sinfônica da Bahia (Camerata) -  Cine Concerto

 

16h30 - Balé do TCA

 

 

Ruas do Comércio

De 15 a 19 de dezembro (quarta a domingo)

 

Braskem recicla

Estação para disseminação de informações sobre Economia Circular e arrecadação de resíduos recicláveis. O visitante poderá participar de uma experiência sustentável com suporte de jogos interativos e exposição sobre o ciclo do plástico verde.

 

Intervenções urbanas

 

Eggcident - obra do artista holandês Henk Hofstra

Onde: praça do Mercado Modelo

 

Projeto Murais - Movimento Urbano de Arte Livre - os murais vão continuar nas fachadas dos prédios como legado da Virada

 

Trabalho da artista Sirc

Onde: Rua Miguel Calmon, 16, Comércio

 

Trabalho do artista TarcioV

Onde: fachada do Edifício Carlos Kiappe, na rua Miguel Calmon, Comércio

 

Trabalho da artista Isabela Seifarth

Onde: achada do Edifício Cidade Baixa, na rua Miguel Calmon, Comércio

 

Trabalho da artista Zana Nacola

Onde: Estacionamento Estapar, na Avenida da França, 414, Comércio

Por Paula Pitta

Mais notícias