05 de junho de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

CAMPEONATO BRASILEIRO - 08/12/2019

Cruzeiro perde para o Palmeiras em casa e é rebaixado à Série B

Cruzeiro perde para o Palmeiras em casa e é rebaixado à Série B

O Cruzeiro está rebaixado para a Série B pela primeira vez na história. Jogando no Mineirão, que recebeu torcida única do time mineiro neste domingo (08/12/2019), o time celeste foi derrotado pelo Palmeiras por 2 x 0 e deu adeus à elite do futebol brasileiro. Nem mesmo a derrota do Ceará para o Botafogo conseguiu evitar a inédita queda dos mineiros para a segunda divisão do futebol brasileiro.

As melhores chances criadas no primeiro tempo foram obras do Palmeiras. O time chegou com perigo aos 15 minutos, com Zé Rafael. O jogador bateu cruzado e obrigou o goleiro Fábio a fazer grande defesa. Pouco depois, em cruzamento de Marcos Rocha, um desvio da zaga cruzeirense quase complica ainda mais a situação dos mineiros.

Aos 38, o Botafogo abriu o placar no Rio de Janeiro. A vitória parcial dos cariocas tornava a vida do Cruzeiro um pouco menos complicada. O anúncio do gol alvinegro inflamou as arquibancadas do Mineirão, mas o time pareceu não ter forças para furar a bem postada defesa do Palmeiras. Quase no apagar das luzes no primeiro tempo, Pedro Rocha chegou com perigo, mas o goleiro Weverton, ligado no lance, conseguiu impedir a finalização, no último lance importante do primeiro tempo.

O Palmeiras demorou exatos 11 minutos para marcar o primeiro gol da partida. Após boa trama ofensiva, Zé Rafael recebeu passe açucarado de Raphael Veiga e bateu sem chances para Fábio.
O calvário mineiro piorou aos 21 minutos. De pênalti, Thiago Galhardo empatou o jogo no Rio de Janeiro. A igualdade no jogo do Vozão era suficiente para que o time celeste passasse a não depender apenas de si para escapar da degola.

Confusão no Mineirão
Nas arquibancadas, antes mesmo do fim da partida, as câmeras de televisão flagraram a irritação de alguns torcedores no Mineirão. Enquanto alguns foram vistos quebrando cadeiras, outros pularam divisões dos setores entre as cadeiras da arena mineira. A polícia teve que agir para impedir que o problema se tornasse ainda maior. Explosões também foram ouvidas no interior do Mineirão.

Por conta da briga, a partida foi interrompida pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique. Sem condições de prosseguir com a partida em segurança, o árbitro encerrou a partida antes mesmo dos 45 minutos, em um total anticlímax. Acuados, os jogadores do Cruzeiro precisaram deixar o gramado correndo para o túnel que leva aos vestiários. O trio de arbitragem, por sua vez, saiu do gramado protegido pelos escudos dos policiais. METRÓPOLES


Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?