16 de julho de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

VIOLÊNCIA - 18/02/2019

Após ser agredida, mulher esfaqueia o marido e acaba presa

Após ser agredida, mulher esfaqueia o marido e acaba presa

Uma mulher esfaqueou o marido em um bar do Itapoã, no Distrito Federal, na madrugada desta segunda-feira (18/2). Edna Paula Ferreira dos Santos, 39 anos, e Alexandro Vaz de Sousa, 30, mantinham um relacionamento há 10 anos. Em depoimento à polícia, ela disse que sofria agressões constantes do companheiro e, por isso, teria cometido o crime. O homem foi submetido a uma cirurgia no Hospital Regional do Paranoá e segue internado.

De acordo com informações da delegada-chefe da 6ª Delegacia de Polícia, Jane Klébia, o casal teve uma discussão acalorada na noite de domingo (17). Edna contou que os dois estavam embriagados e se desentenderam por causa de uma crise de ciúmes de Alexandro, que teria batido na esposa. Depois das agressões, o homem se dirigiu a um bar próximo, onde permaneceu até a madrugada.

Edna relatou ainda que ficou em casa por um tempo, mas teve um acesso de raiva e furou os pneus do carro do casal com uma faca. Por volta das 4h30, conforme contou a delegada, a esposa se dirigiu até o local com a lâmina. Após chamar o marido, o surpreendeu com dois golpes no abdômen. Ela estava acompanhada de uma amiga, que será ouvida pela Polícia. A autora foi presa em sua residência e disse estar muito arrependida.

A delegada Klébia explica que a situação não configura legítima defesa, apesar da suposta violência doméstica. “Só acontece quando a ação ocorre durante a agressão. A tentativa de homicídio não aconteceu imediatamente após a briga dos dois. Ela teve tempo de pensar e se dirigir até o local, e ele não teve chance de defesa”, explicou. O casal tem um uma filha de 7 anos.

Alexandro Vaz pagou R$ 1 mil de fiança e não responderá pelo crime de agressão doméstica. Edna Paula foi transferida ao presídio feminino e responderá por tentativa de homicídio, com pena prevista de 6 a 20 anos de prisão. METRÓPOLES

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%