14 de abril de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

SEGURANÇA - 11/10/2022

Cerca de 22 mil policiais receberão 32 milhões de reais pela redução das mortes violentas no primeiro semestre de 2022

Ouvir a matéria:
Cerca de 22 mil policiais receberão 32 milhões de reais pela redução das mortes violentas no primeiro semestre de 2022 Cerca de 22 mil policiais militares, civis e técnicos, que reduziram as mortes violentas no primeiro semestre de 2022 na Bahia, receberão 32 milhões de reais. Implantado em 2011 pelo Governo do Estado, o Prêmio por Desempenho Policial (PDP) tem como objetivo reconhecer o esforço dos agentes no combate à violência.

De janeiro a junho deste ano, na comparação com o mesmo período de 2021, as mortes violentas (homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte) diminuíram 11,5%. Esse índice colocou a Bahia entre os 10 estados que mais reduziram os crimes contra a vida em 2022.

Na capital baiana, a queda foi de 13,6%, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), o decréscimo foi de 3% e, no interior do estado, as mortes violentas recuaram 12,2%.

"Temos a melhor polícia do Brasil e sempre falo isso em eventos na Bahia, em outros estados e  fora do nosso país. Parabéns a todos por esse excelente resultado", enfatizou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.


PM, PC e DPT


Na Polícia Militar, 16.926 oficiais e praças receberão o PDP do primeiro semestre de 2022. Já na Polícia Civil, 3.670 delegados, escrivães e investigadores serão contemplados. Cerca de 780 peritos do Departamento de Polícia Técnica também receberão o bônus. Fechando a lista, 563 servidores lotados na SSP receberão o prêmio.

Os valores do PDP variam entre o mínimo de 557,32 reais e o máximo de R$ 2.476,98 e são calculados tomando como referência os desempenhos nas Áreas e Regiões Integradas de Segurança Pública.

Assim como nos anos anteriores, a previsão de pagamento do PDP do primeiro semestre de 2022 é no mês de novembro.

Assessoria de Comunicação
Secretaria da Segurança Pública da Bahia

Mais notícias