12 de agosto de 2022
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

SAÚDE - 23/03/2022

Diagnóstico precoce de tuberculose pode ser feito por exames laboratoriais e de imagem

Ouvir a matéria:
Diagnóstico precoce de tuberculose pode ser feito por exames laboratoriais e de imagem

O dia 24 de março é reconhecido como o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, doença que continua sendo um sério problema de saúde pública. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2021, cerca de 4,1 milhões de pessoas sofreram de tuberculose, mas não foram diagnosticadas com a doença ou não notificaram oficialmente às autoridades nacionais. A data é usada para a reflexão e divulgação de estratégias de prevenção e diagnóstico dessa patologia, transmitida pela bactéria Mycobacterium Tuberculosis, que hoje é realidade endêmica no país. 

 

Alguns exames laboratoriais e de imagem são fundamentais para identificar e acompanhar o tratamento da tuberculose. O IHEF (Instituto de Hematologia e Hemoterapia de Feira de Santana), através do IHEF Laboratório e IHEF Imagem, realiza diariamente exames de diagnóstico e de acompanhamento da doença.  

 

Exames de diagnóstico 


Segundo Ministério da Saúde, a radiografia de tórax deve ser realizada em todas as pessoas com suspeita clínica de tuberculose pulmonar e, na tentativa de buscar o diagnóstico bacteriológico necessário, deve sempre ser associada aos exames laboratoriais.  Atualmente existe uma gama de exames realizados pelo IHEF Laboratório que podem diagnosticar a doença, entre eles, baciloscopia direta, teste rápido molecular para tuberculose, sorologias e cultura para microbactéria. 

 

"É muito importante a realização dos exames quando há suspeita da doença, pois por ser altamente contagiosa, o diagnóstico precoce permite a quebra da cadeia de transmissão, além de permitir um tratamento mais rápido e eficaz. Também é fundamental o acompanhamento dos infectados, que inclui uma avaliação periódica da evolução da doença da forma prescrita pelo médico responsável", ressaltou Wallace Ribeiro, biomédico do IHEF Laboratório.  

 

Outro exame já foi bastante utilizado como triagem padrão para identificar a presença da bactéria causadora da tuberculose, o PPD, chamado assim por uma sigla em inglês que significa "Derivado Proteico Purificado". Entretanto, devido à baixa na produção de kits deste exame, atualmente as formas de diagnóstico mais utilizadas seguem sendo os exames citados acima, além do quantiferon, que substitui o PPD no processo de avaliação da progressão da doença.  

 

O laboratório IHEF conta com uma equipe preparada para realização desses exames, oferecendo confiança, rapidez nos resultados e segurança na coleta em todas as unidades, garantindo um diagnóstico preciso.  

 

SOBRE O IHEF???   


O IHEF (Instituto de Hematologia e Hemoterapia de Feira de Santana), foi fundado em 1983, objetivando proporcionar a todos os pacientes do estado da Bahia, diagnóstico e tratamentos das doenças do sangue. Após anos de atuação, o IHEF expandiu para as áreas de medicina laboratorial, diagnóstico por imagem, medicina nuclear, vacinas e banco de sangue, dando origem ao Sistema de Saúde IHEF, o mais completo serviço de saúde não hospitalar do interior da Bahia.?   

 

Desde 2014 é prêmio Top?of?Mind no segmento laboratorial em Feira de Santana e também vencedor do prêmio Benchmarking Bahia por duas vezes, na categoria?Compliance, como o melhor laboratório do interior da Bahia. O IHEF Laboratório possui certificações de qualidade como a ISO 9001 e a Acreditação PALC.?   

 


Informações à Imprensa 

DANILO CARITANNI / JULIANA VITAL

Mais notícias