28 de fevereiro de 2021
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

SAÚDE - 01/02/2021

Insumo para fabricação de seringas sobe 40%; Braskem diz que variação é mensal

Insumo para fabricação de seringas sobe 40%; Braskem diz que variação é mensal

Com o início da vacinação contra a Covid-19, a alta demanda por seringas gerou mais uma preocupação nas indústrias produtoras desse insumo. O valor do polímero, que é usado na fabricação das seringas, saltou 40%, segundo números da Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (Abimo).

 

“Eu pergunto como as empresas [que fabricam as seringas] têm condições de não inflacionar os preços para cobrir os seus custos”, disse o superintendente da entidade, Paulo Fraccaro.

 

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a Braskem disse que o preço do produto varia mensalmente e é determinado por um índice internacional e pela variação da cotação do dólar. A empresa, que é uma das fornecedoras desse polímero, alerta também que possui capacidade de produção suficiente para atender à demanda atual. "Não é o polímero que vai limitar o ritmo da produção [de seringas] e da vacinação", ressaltou o diretor de Negócios Agro e Infra Industriais da Braskem, Renato Yoshido. Ele acrescenta que conseguem dar conta de produzir polipropileno para 400 milhões de seringas. Informações por Bahia Notícias

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%

Mais notícias