29 de novembro de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

SAÚDE - 25/10/2020

Câncer de mama em homens é raro, mas existe; conheça um que superou a doença

Câncer de mama em homens é raro, mas existe; conheça um que superou a doença

O câncer de mama é associado às mulheres. No entanto, homens podem ser diagnosticados com a doença. De acordo com o Inca, 1% do total de casos deste tipo de câncer são descobertos em pessoas do sexo masculino. Isso ocorre porque homens também possuem tecido mamário, só que em quantidade menor, o que possibilita que o nódulo seja facilmente apalpado.

Foi o caso de Roberto Sereno, de 63 anos. Durante um exame de rotina com seu cardiologista, em 2018, ele recebeu a indicação para fazer uma mamografia, na qual foram identificados dois nódulos em sua mama esquerda. Quatro meses depois, ele fez a mastectomia e iniciou o tratamento quimioterápico.

— No dia que recebi o diagnóstico, fiquei em choque. Porém, tive o apoio da minha esposa, meus filhos, minha irmã e sobrinhas, que me ajudaram muito, principalmente na quimioterapia. A família é realmente a nossa base.

Muito religioso, Roberto recomenda que as pessoas em tratamento acreditem em Deus e se apeguem à religião, seja ela qual for. Caso o homem perceba alguma alteração nas mamas, um mastologista deve ser procurado imediatamente caso o homem sinta alguma alteração em suas mamas.

— Todos nós, mulheres e homens, devemos conhecer nosso corpo para perceber, precocemente, qualquer alteração. Com isso, vale a pena o homem apalpar uma vez por mês suas mamas. Para eles não há recomendação de mamografia de rotina — diz a oncologista Sabrina Chagas. Informações por Extra Online

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%

Mais notícias