13 de agosto de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

SAÚDE - 05/06/2020

Médicos adotam tratamento com corticoides para diminuir internações por Covid-19

Médicos adotam tratamento com corticoides para diminuir internações por Covid-19

Os leitos dos hospitais de Belém já estavam totalmente ocupados quando os sintomas da Covid-19 de seu Francisco Araújo, de 84 anos, começaram a se agravar. Sem saber quem mais procurar, a neta de seu Francisco, Rayara Araújo, recorreu às redes sociais para buscar ajuda.

Uma médica da capital paraense propôs um tratamento diferente daquele que vinha sendo adotado: seu Francisco tomaria corticoides, antibióticos e anticoagulantes em casa. Rayara conta que inicialmente sentiu medo de que os remédios não funcionassem, mas que essa era a única opção naquele momento.

Os remédios que seu Francisco tomou fazem parte do chamado “protocolo colapso”, um tratamento feito em casa, com remédios orais, quando não há a opção de internação. O objetivo não é combater o coronavírus, mas sim as reações que ele causa no corpo, como os problemas nos pulmões.

O protocolo foi indicado à anestesista paraense Luciana Cruz pelo imunologista Roberto Zeballos e está sendo implementado por médicos no Pará e no Maranhão. Segundo esses profissionais, até o dia 26 de maio, dos 323 pacientes tratados desta forma, 45 foram internados e só um morreu.

Na avaliação de Luciana Cruz, o tratamento se mostrou uma alternativa dos profissionais da saúde para conter a superlotação dos leitos nos hospitais.

O protocolo também está sendo usado por médicos em São Paulo, embora os hospitais da capital ainda tenham leitos disponíveis. O pneumologista Rodrigo Santiago é um deles; ele afirma que o corticoide combate a inflamação nos pulmões causada pela Covid-19.

Os especialistas ouvidos pela Jovem Pan ressaltam que os pacientes não devem se medicar por conta própria e que cada caso é avaliado individualmente. Eles destacam, ainda, que é preciso procurar um médico em caso de febre alta e persistente, falta de ar ou dor no peito.

*Com informações da repórter Nicole Fusco

Jovem Pan

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%