01 de junho de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

SAÚDE - 12/05/2020

'Não enxergo possibilidade de vida normal ainda em 2020', diz secretário de Saúde da Bahia

'Não enxergo possibilidade de vida normal ainda em 2020', diz secretário de Saúde da Bahia

O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, comentou a expectativa pelo fim do isolamento social e a diminuição da quarentena em meio à pandemia de coronavírus na Bahia. Em entrevista à Rádio Metrópole hoje (12), ele comentou que a doença ainda não inspira tranquilidade nas autoridades sanitárias e só terá tranquilidade quando for desenvolvida uma vacina.

"Estamos vendo prefeitos bloqueando ruas em Salvador, Ipiaú, Itabuna e Ilhéus. O mundo lá fora está começando a ficar um pouco mais seguro. Para esta doença, a segurança só virá quando tivermos uma vacina. Não existe 100% de segurança para ninguém, nem em agosto, em setembro e outubro. O risco de pegar sempre vai existir, como para H1N1, mas para ela há vacina hoje", declarou Vilas-Boas.

Ainda de acordo com o secretário, a população precisa manter as medidas de higiene para evitar uma nova onda de transmissão nos meses seguintes ao fim da quarentena. No entanto, ele demonstrou descrença em um retorno à normalidade ainda este ano. "O que devemos fazer para não ficar recluso dentro de casa é manter as precauções, manter o uso da máscara e evitar contato físico com outras pessoas até o surgimento de uma nova vacina. O risco sempre vai existir, mas ele se reduz de forma muito significativa se a gente tomar todas as precauções. Não enxergo a possibilidade da gente ter uma vida normal ainda neste ano de 2020 enquanto não surgir uma vacina", acrescentou.

Fábio Vilas-Boas declarou que a Bahia foi pioneira nas medidas de prevenção contra a transmissão de coronavírus. Na época que a gestão estadual passou a defender o uso de máscaras, segundo o secretário, antes mesmo das autoridades mundiais. "No começo as pessoas entenderam de forma estranha. Fizemos campanha através da secretaria de comunicação do governo e defendemos o uso de máscaras pela população toda. Fomos os primeiros a falar das máscaras de pano no Brasil, contra até a orientação vigente pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Hoje estamos vendo o grande sucesso que é a campanha do uso de máscaras na Bahia. É satisfatório a gente ver o retorno que a população tem dado", declarou o gestor. 

METRO 1

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?