07 de julho de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

SAÚDE - 02/03/2020

Um único remédio custou ao SUS R$ 2,44 bilhões em 11 anos

Um único remédio custou ao SUS R$ 2,44 bilhões em 11 anos

Um único medicamento usado no tratamento de doenças raras custou ao SUS (Sistema Único de Saúde), ao longo de 11 anos, R$ 2,44 bilhões. O montante foi revelado nesta segunda-feira (2), por um estudo publicado na Revista de Saúde Pública.

A pesquisa foi feita por pesquisadores do Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj). O remédio é o eculizumabe, um anticorpo monoclonal, adquirido pelo Ministério da Saúde entre março de 2007 e dezembro de 2018.

De acordo com o levantamento, todas as compras foram feitas sem licitação para atendimento de demandas judiciais. Conforme aponta o estudo, esse tipo de compra, fora do ambiente competitivo, gera um grande impacto ao sistema público de saúde.

Após a aprovação do registro pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o preço médio caiu cerca de 35%, para valores abaixo dos preços estabelecidos pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos.

O eculizumabe é um medicamento indicado para amenizar complicações de pacientes adultos e pediátricos com duas doenças raras, a hemoglobinúria paroxística noturna (HPN) e a síndrome urêmico-hemolítica atípica (SHUa). Causam anemias graves, falência de medula óssea e dano renal progressivo. As informações são da Folha de S.Paulo. BAHIA.BA

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%