27 de fevereiro de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

SALVADOR - 21/11/2023

Com mais de mil inscrições, Mesa ao Vivo Bahia atrai público para o Mercado do Rio Vermelho

Com mais de mil inscrições, Mesa ao Vivo Bahia atrai público para o Mercado do Rio Vermelho
A primeira edição do Mesa ao Vivo Bahia no Mercado do Rio Vermelho foi um sucesso. Nos dias 15 e 16 de novembro, o evento celebrou o potencial da Ceasinha, equipamento administrado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), e a riqueza da gastronomia baiana. O Mesa reuniu 28 chefes de cozinha da Bahia e do Brasil e registrou mais de 1.100 inscrições, além de 100% de ocupação das salas de aula e degustação.

Ainda durante a programação, a ação intitulada “Melhor do Mercado”, organizada pelos permissionários, ofereceu degustação de produtos comercializados no local, como coxinha de rabada, queijos, quitutes baianos, beijus, dentre outros. Os boxes que não trabalham com alimentação ofereceram ofertas especiais em alguns produtos durante os dias de evento, o que ampliou a movimentação no equipamento.

O secretário da SDE, Angelo Almeida, destacou o potencial da Ceasinha e anunciou futuras ações para o equipamento. “Mais uma vez, o Mercado mostrou do que é capaz. Os participantes puderam conhecer a origem dos ingredientes utilizados nos pratos, estabelecendo uma conexão com a cadeia alimentar local. Estamos ansiosos para o próximo encontro, onde continuaremos celebrando e preservando as tradições culinárias que tornam a Bahia única no cenário gastronômico brasileiro. O Mesa ao Vivo Bahia é só o começo de muita coisa boa que vem por aí e faz parte de todo um calendário e cronograma de ações para alavancar a nossa Ceasinha”, disse.

“O Mercado do Rio Vermelho alcançou novos espaços. Foram mais de 1,5 milhão de visualizações nas redes sociais da revista Prazeres da Mesa e mais de 1.100 inscritos para participarem do evento, no entanto, percebemos que o público foi muito maior do que isso. Ações como essa impulsionam o equipamento e faz com as pessoas conheçam a dimensão do mercado e tudo que ele é capaz de ofertar para a população”, completou Angelo.

Juli Allegro, permissionária e sócia-proprietária da cafeteria Latitude 13, afirma que adorou a iniciativa. “É um equipamento importantíssimo para a nossa cidade, não só de abastecimento de alimentos, mas onde temos a oportunidade de encontros, de vivências de coletividade e de contato com a nossa essência. O mercado é uma oportunidade para pequenos produtores e produtores de origem, como é o nosso caso, de comercializar os seus produtos diretamente ao consumidor”, afirmou.

“Acredito que o evento deu muita visibilidade para o Mercado do Rio Vermelho para que muitos soteropolitanos voltem a frequentar e outros conheçam este belíssimo equipamento”, finalizou. Em 2019, a Latitude 13, com cafés especiais, ganhou o prêmio de melhor cafeteria do Brasil pela revista Prazeres da Mesa.

A Chef Kátia Barbosa se emocionou ao falar da culinária local e dos talentos que a Bahia tem. “Estou muito impressionada com esse novo cenário gastronômico em Salvador. A cidade era conhecida pela moqueca, pelo bobó, etc., hoje continua tendo isso tudo, e óbvio a gente quer que continue tendo, mas com essa nova vanguarda e modernidade que estão trazendo para aqui. É realmente emocionante para quem ama a comida brasileira como eu, então, viva a comida brasileira”.

Ascom/SDE

Mais notícias