18 de junho de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

SALVADOR - 24/06/2023

Dique do Tororó recebe festival de Samba Junino neste domingo

Dique do Tororó recebe festival de Samba Junino neste domingo

Um dos principais pontos turísticos de Salvador, o Dique do Tororó será o palco de um grande Festival de Samba Juninoneste domingo. Com concentração às 15h no viaduto Rômulo Almeida, em frente ao Posto de Gasolina São Jorge, o evento contará com a participação de vinte e quatro grupos de Samba Junino.

“O objetivo da Liga é preservar, fortalecer e difundir cada vez mais a cultura do Samba Junino em nossa cidade no intuito de promover o contato entre várias gerações de sambadoras e sambadores, mestras e mestres desta cultura e para dar mais visibilidade a este movimento cultural, além de formar novas gerações do Samba Junino”, afirma o cantor, compositor, produtor cultural e um dos diretores da Liga do Samba Junino, Nonato Sanskey.

Com patrocínio da Prefeitura de Salvador e realizado em parceria com a Liga do Samba Junino, o evento vai ser com um cortejo dos grupos de samba junino que vai começar no viaduto Rômulo Almeida e seguir a Avenida Vasco da Gama, até o palco localizado em frente à portaria da Arena Fonte Nova.

De acordo com o produtor cultural e também diretor da Liga de Samba Junino da capital, Vagner Shrek, a festa tem o objetivo de garantir proporcionar um domingo de lazer gratuito aos baianos e turistas que estão na capital baiana, além de dar mais visibilidade para o movimento que é forte nas periferias e possui também impacto social.

 

Irão participar do festival os grupos Sambalança, Mucum’G, Papelão, OffScala, Vai Kem Ké, Água Dura, Futuka, Hody Bamba, Samba Duro de Terreiro, Samba Duro VS, Bicho da Cana, Samba do Morro, Samba Cama, Meninos da Vila, Gira D’Elas, Samba Duro da Ladeira, Fogueirão, Samba Jaké, Antivírus, Balão de Ouro, Sambarriz, Samba Tororó e Arrastão da Muriçoca.  

Foto: Nonato Sanskey - Arquivo Liga do Samba Junino

Sobre o Samba Junino:

 

O samba junino representa uma expressão cultural genuinamente soteropolitana, marcado pela rítmica do samba duro, disseminada há pelo menos 50 anos em diversos bairros de Salvador. Os bairros tradicionais que realizam os festejos são Engenho Velho de Brotas, Engenho Velho da Federação, Federação, Fazenda Garcia, Tororó, Nordeste de Amaralina, Garcia, dentre outros. Em fevereiro de 2018, o Samba Junino foi reconhecido como Patrimônio Imaterial de Salvador e em 2020 entrou no calendário oficial de eventos da capital baiana, sendo comemorado no dia 17 de abril.

 

Oliveira Comunicação

Assessoria de Imprensa

Mais notícias