28 de maio de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍTICA - 22/03/2024

PF avalia rescindir delação de Mauro Cid após vazamento de áudios com ataques a autoridades

PF avalia rescindir delação de Mauro Cid após vazamento de áudios com ataques a autoridades

A Polícia Federal (PF) avalia rescindir o acordo de delação firmado com o tenente-coronel Mauro Cid, após o vazamento de áudios nos quais ele faz ataques à própria PF e ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Conforme Bela Megale, no O Globo, o ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro (PL) será intimado pela PF para prestar novo depoimento a respeito dos áudios. De acordo com a coluna, a depender das respostas dadas, o acordo de colaboração premiada poderá ser rompido e o militar terá que voltar à prisão, além de perder outros benefícios.

Em nota enviada ao jornal, a defesa de Mauro Cid reconhece a autenticidade dos áudios, mas diz que “não passam de um desabafo” e não colocam “em xeque a independência, a funcionalidade e a honestidade da Polícia Federal, da procuradoria-Geral da República ou do Supremo Tribunal Federal”.

Nas gravações, Cid diz que foi pressionado a falar sobre fatos que, em sua avaliação, não aconteceram ou não teve conhecimento, e acusa Alexandre de Moraes de autoritarismo. “O Alexandre de Moraes é a lei. Ele prende, ele solta, quando ele quiser, como ele quiser. Com Ministério Público, sem Ministério Público, com acusação, sem acusação”, disse ele em determinado trecho.

Dentre as declarações do tenente-coronel está ainda a revelação de um encontro secreto entre Bolsonaro e Moraes, na casa de Ciro Nogueira (PP), em dezembro de 2022, além de relato de ressentimento por perdas materiais e prejuízos profissionais, enquanto o ex-presidente e outros aliados estariam ilesos.

“Quem mais se f. fui eu. Quem mais perdeu coisa fui eu. O único que teve pai, filha, esposa envolvido, o único que perdeu a carreira, o único que perdeu a vida financeira fui eu”, disse Cid, deixando escapar a mágoa. “Ninguém perdeu carreira, ninguém perdeu vida financeira como eu perdi. Todo mundo já era quatro estrelas, já tinha atingido o topo, né? O presidente teve Pix de milhões, ficou milionário, né?”, pontuou.

Por Bahia.ba

Mais notícias