15 de abril de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍTICA - 09/02/2024

Governo da Bahia entrega equipamentos para cooperativas de material reciclável

Governo da Bahia entrega equipamentos para cooperativas de material reciclável

O Governo da Bahia entregou, simbolicamente, nesta quinta-feira (07), um conjunto de equipamentos para melhorar as condições de trabalho dos catadores de material reciclável durante o Carnaval 2024 e ao longo de todo o ano. O ato de entrega foi realizado no estacionamento da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

 

O governador Jerônimo Rodrigues participou do evento ao lado do vice-governador e coordenador do Carnaval, Geraldo Júnior. Na ocasião, houve, também, o lançamento oficial da ação EcoFolia Solidária – o Trabalho Decente Preserva o Meio Ambiente, que acontece pelo 16º ano no na folia da capital.

 

“O Governo do Estado aproveitará o Carnaval para mandar mensagens à sociedade brasileira e baiana, mas, também, a gente poder ser efetivo nas resoluções. Por exemplo, o respeito às mulheres, o respeito ao povo preto, aos ambulantes. Hoje, trazemos uma mensagem muito forte com a entrega concreta da Setre, da Sema [Secretaria do Meio Ambiente], da Secretaria de [Políticas para as] Mulheres, da Assistência Social [Seades], da CAR [Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional], fazendo entregas de equipamentos para os catadores e catadoras. Aqui, nós temos desde carrinhos, bicicletas, que ajudarão no peso, mas também tem máquinas que prensam o material”, explicou o governador.

 

Foram entregues 15 prensas elétricas, 20 balanças eletrônicas, 15 carrinhos elétricos e seis triciclos. Com investimento de, aproximadamente, 3,2 milhões de reais, a ação vai contemplar 2.500 catadores de materiais recicláveis de 16 cooperativas parceiras, durante o Carnaval. Neste ano, a iniciativa inclui a distribuição de equipamentos permanentes para as cooperativas, com o objetivo de melhor estruturar a cadeia produtiva.

 

“Carnaval é alegria, carnaval é folia, carnaval é motivação, mas também é trabalho. Aqui é um exemplo da sensibilidade do Governo do Estado, do governador Jerônimo Rodrigues, pela preservação do trabalho decente a trabalhadores, trabalhadoras, catadores e catadoras”, destacou o vice-governador.

 

Para o secretário da Setre, Davidson Magalhães, neste ano, a ação tem uma dimensão muito maior e tem o objetivo de aumentar os ganhos dos trabalhadores. “Isso é uma questão fundamental por conta da nossa agenda de trabalho decente, dar as condições para trabalhadores e trabalhadores de um setor tão importante e tão vulnerável como são os catadores e catadores. Para que isso? Para melhorar a produtividade, para fazer com que ganhe um volume maior, uma escala maior a produção desses catadores e catadoras e que possam avançar para um patamar de geração de renda maior. Assim, são as experiências onde eles equipam as cooperativas e podem, a partir daí, melhorar suas condições de vida e sua renda”, reforçou.

 

No Carnaval, o projeto oferece aos catadores fardamento adequado (calça, camisa e boné), produzido pela Cooprede de Feira de Santana, botas, luvas e mochila, produzida por empreendimento solidário, e equipe técnica para execução da ação durante a folia.  Os catadores vão contar com 10 centrais de coleta (três exclusivas do Governo da Bahia), localizadas em pontos estratégicos próximos aos principais circuitos da folia, para recebimento e comercialização de alumínio, pet e plástico, eliminando a ação de atravessadores.

 

Os materiais coletados nas centrais serão vendidos para as cooperativas parceiras da iniciativa, que estocam para aguardar o melhor momento para a comercialização à indústria recicladora, já que, durante a folia, o mercado se desvaloriza em decorrência da maior oferta dos resíduos. A EcoFolia Solidária é uma ação coordenada pela Setre em parceira com as Secretarias de Meio Ambiente (Sema), Desenvolvimento Rural (SDR) por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR),  Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) e de Políticas para as Mulheres (SPM).

 

Mulheres terão espaço exclusivo

 

Outra novidade de 2024 é que, pela primeira vez, as mulheres catadoras de material reciclável terão um espaço exclusivo para atendê-las, o Espaço EcoFolia Solidária, montado no Vale do Canela. No local, será ofertado um café da manhã e espaço para banho (com sabonete e toalha descartáveis). Além disso, as mulheres poderão relaxar com massagem terapêutica e acupuntura, dentro da ação Cuidar de Quem Cuida, promovida pela SPM.

 

“Maravilhoso. As mulheres são maioria negra, mães de família, e isso, para a gente, chega a ser impactante, porque a gente vê todos os dias o cotidiano dessas mulheres e é muito importante esse apoio”, declarou Rita Ferreira, técnica da Rede Inclusão de Cooperativa e Catadores de Resíduos Sólidos da Bahia (Icatres-Bahia). 

Serão beneficiadas entre 50 a 100 catadoras diariamente, no período de 5h às 11h. O acesso aos serviços será por meio de fichas distribuídas entre as cooperativas parceiras e prioriza as mulheres que trabalham durante a madrugada. "Eu acho muito importante, na rotina do Carnaval, a gente ter um tempo para cuidar da gente. São oito horas de trabalho muito cansativas", disse Jaqueline Sena Souza, 52 anos, presidente da Cooperlix, que criou cinco filhas catando material até chegar à presidência da cooperativa.

 

Segundo estimativa da Cooperlix, cooperativa formada somente por catadoras de material recicláveis, com sede no bairro de Valéria, em Salvador, as mulheres representam cerca de 80% dos trabalhadores nas centrais de recolha, embora estejam em menor número catando material no circuito da folia. A EcoFolia Solidária contempla 16 cooperativas de catadores de recicláveis, sendo um coletivo representado pela Coopeguary, reunindo 12 cooperativas, além da Cata Bahia, Recicla Bahia, Recicla Conquista e CRG.

 

Bloquinho

 

Como parte da ação, o Bloquinho Eco Folia Solidária desfila no circuito Barra-Ondina, nesta quarta-feira (7), com concentração às 16h30, fazendo o percurso do Farol da Barra ao Cristo, animado pelo Rixô Elétrico. O objetivo é chamar a atenção dos foliões para a importância da ação. O bloquinho é uma iniciativa da Setre e conta com, aproximadamente, 500 pessoas, que estarão distribuindo ventarolas do EcoFolia Solidária ao longo do circuito.

 

A proposta é engajar os foliões na ação, conscientizando sobre a necessidade da coleta seletiva, responsável pela redução dos impactos causados pelo descarte inadequado de resíduos durante a festa. A EcoFolia Solidária contribui, também, para a valorização do profissional que trabalha como catador de material reciclável, muitas vezes ignorado pela sociedade.

 

Repórter: Lina Magalí/GOVBA


Confira aqui a galeria de fotos desta matéria.


Secom  - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Mais notícias