04 de março de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍTICA - 14/11/2023

Oposição impede votação de empréstimo do governo na Assembleia Legislativa

Oposição impede votação de empréstimo do governo na Assembleia Legislativa

O líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado estadual Alan Sanches (União Brasil), fez um pedido de verificação de quórum e deu fim à sessão extraordinária convocada para esta segunda-feira (13), quando a base governista pretendia votar, em regime de urgência, a autorização para o Governo da Bahia contrair um empréstimo de R$ 1,6 bilhão. Sem a quantidade mínima de deputados no plenário da Assembleia Legislativa, como requer o Regimento Interno, o presidente da sessão acolheu o requerimento e encerrou os trabalhos.

Sanches afirma que ‘quando percebeu a intenção do líder de governo de colocar em votação o empréstimo e que eles não teriam o quórum para votação, tinha que tratar de obstruir’. “O governo quer votar às pressas e sem a menor discussão um projeto que compromete o cofre do Estado com uma dívida bilionária, sem que haja também a total transparência de como e quando esses recursos serão aplicados”, declara o líder da oposição no legislativo baiano.

O parlamentar acrescenta que ‘em menos de um ano de gestão, esse é o quarto pedido de empréstimo feito pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT), cuja soma já chega a R$ 3,5 bilhões’. Ainda segundo o deputado, a partir desta terça-feira (14), a pauta de votação da Alba ficará obstruída pelo projeto de lei que trata da atualização na gratificação de policiais e agentes da segurança pública. O PL nº 25.069/2023 já terá completado o prazo regimental de 45 dias e terá que ser apreciado.

“Só assim para o governo finalmente dar atenção aos nossos policiais, que são verdadeiros guerreiros, mas infelizmente estão de fora da lista de prioridades do Governo do Estado. A gente só vê agilidade do Executivo na hora de contrair empréstimos e aumentar os impostos, como fez semana passada com o ICMS. Definitivamente é um governo que não cuida de gente”, completa Alan Sanches.

Por Metro 1

Mais notícias