12 de maio de 2021
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍTICA - 22/03/2021

‘Apesar dos problemas, nossa economia vai indo muito bem’, diz Bolsonaro

Ouvir a matéria:
‘Apesar dos problemas, nossa economia vai indo muito bem’, diz Bolsonaro

Em mensagem de áudio enviada exclusivamente ao programa “Os Pingos Nos Is”, da Jovem Pan, nesta segunda-feira, 22, o presidente Jair Bolsonaro rebateu críticas sobre aqueles que falam mal dos rumos tomados pela economia do Brasil durante a crise da Covid-19. Bolsonaro reconheceu a queda de alguns números, mas comparou o desempenho do país a outras potências mundiais. “No tocante ao PIB, nós encolhemos sim no ano passado, -4,1%. Só não encolheu mais do que o nosso a China, Estados Unidos e Coreia do Sul. Nós ficamos na frente da Inglaterra, França e Itália, que encolheram bem mais que 4%. Ou seja, apesar dos problemas, nossa economia vai indo muito bem”, declarou. O presidente falou, ainda, que o país criou 260 mil novas vagas de carteira assinada no ano de 2020, 140 mil a mais do que no final de 2019, em um período sem pandemia, e citou o auxílio emergencial como o “maior projeto social do mundo”.

Jair Bolsonaro também falou sobre vacinas e estimou que o Brasil deve receber 500 milhões de doses ainda no ano de 2021, quantitativo com capacidade de imunizar quase toda a população. Ele detalhou ainda que teria sido o responsável direto pelas negociações dos imunizantes da Pfizer, que já tem uso definitivo permitido no Brasil. “No tocante à vacinação, eu falei pessoalmente com a Pfizer, arranjamos mais 100 milhões de vacina até setembro do corrente ano”, afirmou. Bolsonaro voltou a criticar o lockdown citando uma frase de David Nabarro, representante da Organização Mundial da Saúde (OMS), em outubro de 2020. “Vale lembrar que o senhor David Nabarro, emissário da OMS, disse claramente que a política de lockdown só serve para tornar as pessoas pobres ainda mais pobres”, finalizou o presidente. Na ocasião, o representante da OMS pontuou que as medidas são justificadas para “achatar a curva” de contágio e evitar colapsos em sistemas de saúde ao redor do mundo. Informações por Jovem Pan

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%

Mais notícias