20 de junho de 2021
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍTICA - 09/03/2021

Lista de Redas da AL-BA une oposição e governo contra entrega das informações ao MP

Lista de Redas da AL-BA une oposição e governo contra entrega das informações ao MP

A lista dos funcionários contratados através do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) foi motivo para governo e oposição se unirem, nesta terça-feira (9), durante sessão. O pedido da lista foi feito pelo o Ministério Público da Bahia (MP-BA) ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

 

Líder do governo, o deputado Rosemberg Pinto (PT) pontuou que o pedido "parte de alguns agentes que querem apenas expor a forma administrativa da Casa". "Devemos fazer uma defesa coletiva da individualidade e do respeito ao Parlamento baiano. A Casa tem suas regras próprias, Mesa Diretora, presidência e cabe a esses instrumentos realizarem a gestão administrativa, dentro da regulação do seu regimento interno", comentou.

 

Rosemberg pontuou que em novembro de 2020, por iniciativa do MP-BA, a Assembleia aprovou a criação de 900 novos cargos comissionados, cargos de indicação, para integrarem os seus quadros. "Durante as discussões, não houve questionamento sobre a gestão desses novos cargos", escreveu em publicação nas redes sociais. 

 

O líder da oposição na AL-BA, Sandro Régis (DEM), concordou com a manifestação do governo e pontuou ao Bahia Notícias que a posição é "institucional". "É uma questão apartidária. Na mesa diretora. Dos deputados da bancada. Não tem oposição e governo", disse.

 


De acordo com Rosemberg, já foi solicitado ao presidente da AL-BA, um encontro entre a chefe do MP-BA, a promotora Norma Angélica, e os líderes da Maioria e Minoria da assembleia. "Para construirmos uma relação prática, democrática, dentro do que permite as relações do Estado de Direito", comentou.  Informações por Bahia Notícias

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%

Mais notícias