29 de maio de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍTICA - 26/02/2020

Zé Neto rebate Colbert e diz que governo do PT investiu mais de R$ 5 bilhões em Feira

Zé Neto rebate Colbert e diz que governo do PT investiu mais de R$ 5 bilhões em Feira

O deputado federal Zé Neto (PT) rebateu a declaração do prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), sobre a falta de investimentos no aeroporto da cidade. O gestor criticou o fato do governo do Estado investir nos equipamentos de outros três municípios.

 

O petista acusou Colbert, que deve tentar reeleição, de “ingratidão”. "Nos últimos 13 anos, foram mais de R$ 5 bilhões investidos em Feira de Santana nos governos do PT, com Jaques Wagner e Rui Costa. O prefeito é ingrato e injusto. Na época deles, estava sem muro, sem água, sem energia elétrica, sem pista adequada, fechado e interditado pela ANAC [Agência Nacional de Aviação Civil]", afirmou Zé Neto. "Minha sugestão ao prefeito é que ele faça, só pra clarear as ideias, uma visita às obras do novo Hospital Clériston Andrade ou visite a nova Policlínica. De repente, ele cai na real e lembra do volume de investimentos que o Governo do Estado fez em Feira. Se for honesto, ele vai escrever até carta aberta de gratidão ao governador Rui Costa", afirmou o pré-candidato do PT à prefeitura de Feira de Santana. 

 

Por fim, o deputado falou sobre as prioridades do seu grupo político. "O nosso aeroporto é importante e as obras e intervenções estão acontecendo, mas, de fato, nossa prioridade maior é investir em saúde e cuidar de gente. Educação, segurança, abastecimento de água e infraestrutura também estão na lista e ele sabe nesses itens estamos investindo com muita determinação. Aeroporto em Feira é importante, tanto que botamos ele pra funcionar. As pessoas que moram em Feira estão reclamando do péssimo e caro serviço de transporte coletivo e isso quem precisa resolver com urgência é a prefeitura", concluiu.

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?