10 de dezembro de 2019
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍTICA - 07/11/2019

"Roda de conversa para homens" fala sÔbre câncer de próstata

Um verdadeiro “Clube do Bolinha”, formado por diretores, gerentes, estagiários e servidores da Assembleia Legislativa, assistiu à apresentação da Campanha Novembro Azul e o Câncer de Próstata, organizada pela Diretoria de Promoção à Saúde, através do Departamento de Serviço Social. Com o tema “Saúde e Sexualidade Masculina”, a Roda de Conversa para Homens, nesta quarta-feira (6), foi um bate-papo de três especialistas médicos com os funcionários, que fizeram diversas perguntas e esclareceram dúvidas sobre o câncer de próstata, o segundo tipo mais frequente entre os homens, só perdendo para os tumores de pele. 

Com o plenarinho lotado, o urologista José do Egypto, do Hospital da Bahia,  garantiu que “não tem como evitar que um homem tenha um câncer de próstata, mas é possível fazer o diagnóstico precoce, aumentando a chance de cura em 90 % dos casos”. Médico urologista do Hospital Cárdio Pulmonar, Delson Machado considera fundamental a avaliação anual do homem com a realização dos exames de Toque Retal e o PSA (Antígeno Prostático Específico). Ex-presidente da Sociedade Baiana de Urologia, o médico Joabe Carneiro afirma que o exame de toque retal é uma questão de conscientização: “Não é nada demais, não é esse bicho de sete cabeças. Muitos homens se surpreendem com a simplicidade do procedimento, que salva vidas e faz uma enorme diferença no diagnóstico precoce”.

O superintendente de Recursos Humanos da ALBA, Francisco Raposo, lembrou que no mês passado o Parlamento baiano participou da Campanha Outubro Rosa, com palestras direcionadas às mulheres sobre o Câncer de Mama, e agora o ciclo se completa com o Novembro Azul, mês mundial de Combate ao Câncer de Próstata. “É importante o homem conhecer um pouco mais sobre este tema, que ainda é tabu entre nós. Mas homem que é homem se cuida”, finalizou o superintendente do RH. 

FATORES DE RISCO

A próstata é uma glândula localizada abaixo da bexiga, atravessada pela uretra. Tem tamanho e forma correspondentes a uma noz e apresenta duas importantes funções: produção de parte do esperma e auxílio no controle urinário. As estatísticas apontam que a cada 7 minutos registra-se 1 diagnóstico de câncer de próstata e que a cada 40 minutos ocorre 1 óbito. Os números revelam ainda que 25% dos portadores de câncer de próstata morrem devido à doença e que 20% dos pacientes são diagnosticados em estágios avançados. Os profissionais da área ressaltam que os principais fatores de risco mais comuns da doença são a idade acima de 50 anos, a história familiar deste tipo de neoplasia, a herança genética da raça negra, a obesidade e os hábitos alimentares.

Os urologistas José do Egypto, Delson Machado e Joabe Carneiro, profissionais experientes no tratamento da doença, são unânimes contra um antigo preconceito: “Ninguém vai ser mais homem ou menos homem por causa de um toque retal”. 
Divulgação/AgênciaALBA

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%