04 de julho de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍCIA - 16/10/2019

Sedes da Aspra de toda a Bahia são interditadas após operação do MP; polícia apura suposto atentado a grupo de Prisco

Todas as sedes da Associação dos Policiais e Bombeiros Militares e seus Familiares (Aspra) na Bahia foram interditadas na madrugada desta quarta-feira (16), após determinação da Justiça baiana. Os locais são alvos de uma operação do Ministério Público estadual (MP-BA).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), que apoia à ação por meio das Policiais Civil e Militar, o grupo é investigado por incitar movimento paredista, afrontando Constituição Federal e causando "grave risco à segurança pública e à coletividade".

Fotos: Carlos Valadares | Aspra Feira de Santana é interditada 

A operação acontece em Feira de Santana, Salvador, Alagoinhas, Barreiras, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Santa Maria da Vitória, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

Fotos: Carlos Valadares | Aspra Feira de Santana é interditada 

Durante a noite de ontem (15), um grupo liderado pelo deputado estadual Prisco (PSC), que é comandante da Aspra, teria sido alvo de um atentado. No Whatsapp, tem circulado vídeos e fotos que mostram o suposto ataque. Ao Bahia Notícias, uma fonte do governo informou que a Polícia Civil apura o caso. Segundo a mesma fonte, ninguém foi ficou ferido com arma de fogo, mas com estilhaço de vidro.

Leia também: Corregedoria abre inquérito contra movimento a pedido do MP

Fonte: G1 e Bahia Notícias/ACORDA CIDADE/DILTON COUTINHO

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%