15 de julho de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

NOTÍCIAS - 18/06/2024

Dom Itamar Vian: JOÃO - PROFETA CORAJOSO

Dom Itamar Vian:   JOÃO - PROFETA CORAJOSO

No dia 24 de junho celebramos a festa do nascimento de João Batista. (Chama-se Batista, porque batizava). É um dos santos mais populares do Brasil! Recebe homenagens em preces, benditos, queima de fogos e fogueiras. Uma cultura religiosa e popular que é festejada com quadrilhas, comidas típicas e deliciosos licores. Mas quem foi João Batista? Por que tanta devoção a esse santo?

 

O NASCIMENTO de João Batista aconteceu por intervenção direta de Deus. Zacarias e Isabel “não tinham filhos, pois Isabel era estéril e os dois, de idade avançada” (Lc. 1-7). Zacarias estava a serviço do templo quando, de repente, apareceu-lhe o anjo Gabriele diz que ele e Isabel teriam um filho e revela, também, o nome da criança: “Seu filho sechamará João” (Lc 1,57-66). (João significa, Deus é misericordioso).

 

DEUS escolheu João Batista para ser o precursor de Jesus. Recebeu a missão de anunciar o Salvador e preparar os seus caminhos. Batizava no rio Jordão e anunciava o batismo de arrependimento para o perdão dos pecados. Batizou o próprio Jesus. Sua pregação abalou toda a Judéia. Muitos fariseus e doutores da Lei o rejeitaram; outros, o tinham como um possesso do demônio.

 

MUITA gente vinha a João Batista e perguntava: O que fazer para receber o Batismo?

As respostas dele eram diretas. Ao povo simples, dizia: “Façam partilha, quem tem duas túnicas, dê uma”. Aos poderosos e cobradores de impostos, “parem de roubar, não cobrem mais do que foi estabelecido” e aos soldados, “não cometam violência, não maltratem a ninguém, não façam denuncias falsas e mantenham a ordem”!

JOÃO BATISTA foi um profeta corajoso. Enfrentou Herodes e o recriminou por viver em adultério, dizendo-lhe abertamente: “Não te é licito viver com a mulher do teu irmão” (Mc. 6-18). Essa coragem o levou à prisão e depois foi decapitado. Sempre foi coerente e fiel no cumprimento de sua missão. Por isso, Jesus fez a ele o seguinte elogio público: “Eu vos garanto que dentre os nascidos de mulher, ninguém é maior do que

João Batista”. (Mt. 11,11).

 

LEMOS na Bíblia: “Foi enviado por Deus um homem chamado João. Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz” (Jo. 1.6-8). Esse é o sentido simbólico da fogueira de São João. Os profetas de hoje nos mantém atentos para a verdadeira luz que é Cristo.

E todos nós, somos também, chamados a sermos profetas corajosos, luz do mundo, preparando os caminhos do Senhor na família, no ambiente de trabalho, na sociedade e na Igreja.

 

 

 

Dom Itamar Vian

Arcebispo Emérito

di.vianfs@ig.com.br

Mais notícias