28 de maio de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

NOTÍCIAS - 14/04/2024

Dia Mundial do Café: Investimentos na produção geram impacto positivo na qualidade do café e na economia da Bahia

Dia Mundial do Café: Investimentos na produção geram impacto positivo na qualidade do café e na economia da Bahia

Neste domingo, 14 de abril, o Dia Mundial do Café celebra não apenas a apreciação dessa bebida tão querida do brasileiro, mas também reconhece o trabalho de agricultores e agricultoras familiares baianos que cultivam e colhem esse grão precioso. No Sudoeste Baiano, essa celebração é ainda mais especial, pois o território tem se destacado como um dos maiores produtores de café da Bahia e do Brasil. E no que diz respeito ao desenvolvimento da agricultura familiar na cafeicultura, os investimentos estratégicos da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) tem gerado impactos positivos para esse segmento.

Um exemplo desse avanço é o da Cooperativa Mista dos Pequenos Cafeicultores de Barra do Choça e Região (Cooperbac), que se tornou uma referência na produção de café de qualidade. Com cerca de 350 cooperados, a Cooperbac produz e comercializa seis marcas de café, segmentadas para diversos mercados. Essa iniciativa não apenas gera emprego e renda para mais de nove mil pessoas, direta e indiretamente, mas também fortalece a economia local, sendo a principal fonte econômica do município de Barra do Choça.

Todo o processo de produção da Cooperbac é cuidadosamente supervisionado, desde o cultivo até a comercialização. A construção do Laboratório de Classificação Sensorial de Café, viabilizada pela CAR, é um marco nesse sentido. Nesse laboratório, os cafés são certificados, a partir da emissão de laudos técnicos, que habilitam os produtos da Cooperbac para a comercialização junto às grandes marcas nacionais de café.

Mas para que a Cooperbac beneficie e comercialize cafés gourmet, especiais e de qualidade, a CAR vem proporcionando melhorias significativas na base produtiva para diversos agricultores da região. Ações que promovem a melhoria da qualidade do café que cultivam. O investimento feito no campo, desde o manejo do solo, em assistência técnica, até a entrega de máquinas e equipamentos, tem realizado uma revolução na produção do café de diversos agricultores.

A presidente da Cooperbac, Joara Oliveira, conta que a cooperativa hoje está produzindo cerca de oito linhas de café, desde o popular até o especial, além de feijão, farinha e mandioca a vácuo. "Para que tudo isso acontecesse foi necessário que a CAR investisse na base produtiva. Temos seis associações vinculadas e esse apoio foi muito importante. Para a gente ter esses produtos de qualidade é preciso que tenha uma produção de qualidade e a gente vê isso acontecer, de fato, com as associações e cooperativas da agricultura familiar apoiadas pelo Governo da Bahia. Sem esses investimentos, a Cooperbac não seria o que é hoje”.

As transformações proporcionadas pelos investimentos da CAR são ressaltadas pelo agricultor familiar Uelton Cordeiro, da Associação de Pequenos Produtores Rurais da região de Parafuso, município de Planalto. "Antes a gente jogava nosso café em um lugar aberto, mas com a estufa a gente deixa o café e fica despreocupado com a questão da mudança do tempo. Além disso, o café era secado no chão de terra e tínhamos que fazer essa limpeza, agora tem mais higiene e garantimos um café limpo. Temos também os despolpadores, que vão dar mais qualidade, pois antes as indústrias e cooperativas não tinham interesse e a gente vendia para atravessadores. A qualidade do nosso café agora é reconhecida e a gente vende para a Cooperbac e outras empresas de Vitória da Conquista".

Outra associação que tem se destacado na produção de café de qualidade é a Associação dos Pequenos Produtores da Baixa do Lico. O presidente, José Roberto, ressalta as melhorias trazidas pelos investimentos da CAR. "A gente não tinha estufa. Colhíamos com muita dificuldade para secar no terreiro. Não tinha trator para puxar esses produtos da roça e levar os insumos. Tínhamos que pagar frete para um trator de fora e hoje temos um trator com todos os implementos. Temos também despolpador móvel, pulverizador, roçadeira e uma beneficiadora de café, que ajuda no descascamento do café. Com esse apoio da CAR, saímos de um café inferior para ter um café qualificado, fortalecemos nossa associação e agora podemos ingressar no mercado”.

As mudanças na produção de Uelton e de José Roberto evidenciam como o investimento estratégico da CAR na base produtiva está impulsionando a produção de café de qualidade na região, gerando impactos positivos na economia local e promovendo o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar.

Aém do Sudoeste, a CAR, empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), vem estimulando as organizações produtivas, de outros territórios, a produzirem o café de forma mais qualificada, para que no pós colheita seja tratado com todo o cuidado e se torne um café de alto padrão, com potencial para disputar em pé de igualdade com qualquer café do mundo em municípios do Médio Sudoeste, Chapada Diamantina, Extremo Sul e Costa do Descobrimento.

 

Foto: Geraldo Carvalho/ASCOM CAR


Silvia Costa 

Assessoria de Comunicação da CAR 

www.car.ba.gov.br  


Mais notícias