13 de junho de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

NOTÍCIAS - 08/02/2024

Profissional de Educação Física orienta como se preparar para a folia

Profissional de Educação Física orienta como se preparar para a folia

O Carnaval está chegando, e com ele, a animação contagiante dos foliões que se preparam para aproveitar ao máximo essa festa única. No entanto, a celebração intensa pode ser um desafio físico, exigindo resistência e um bom condicionamento para enfrentar os blocos carnavalescos durante o dia inteiro.

“A falta de preparo físico pode comprometer a saúde e ocasionar lesões. É importante respeitar os limites do corpo. Os abusos causam aumento da fadiga que pode levar a baixa da imunidade, irritabilidade, mau humor e desidratação, sensações que não combinam com esse momento de alegria e divertimento", afirma a docente do curso de Educação Física da Estácio, Juliana Osório.

Veja a seguir algumas dicas valiosas que Juliana separou para garantir que os foliões estejam preparados para a maratona do Carnaval.

1 - Hidratação adequada:  Durante a festa, é essencial manter-se hidratado. Leve uma garrafa de água e lembre-se de consumir líquidos regularmente para evitar a desidratação, especialmente sob o calor do Carnaval.

2 - Alongamento Prévio: Antes de começar a folia, reserve alguns minutos para realizar alongamentos. Isso ajudará a preparar os músculos para a atividade intensa e reduzirá o risco de lesões.

3 - Calçados Confortáveis: Escolha calçados confortáveis e adequados para caminhadas longas. Isso proporcionará suporte aos pés e ajudará a evitar desconfortos durante a jornada carnavalesca.

4 - Alimentação equilibrada: Mantenha uma dieta equilibrada antes do Carnaval. Inclua alimentos ricos em energia, como frutas, vegetais e carboidratos complexos, para garantir um bom aporte nutricional.

5 - Descanso adequado: Carnaval é sinônimo de diversão, alegria e descontração. Para garantir um bom desempenho do nosso organismo, algumas precauções devem ser tomadas para que a privação do sono não atinja seu pico de estresse. Uma noite de sono plena exige um ambiente sem barulho e sem luz, uma vez que a luminosidade altera ciclos biológicos, principalmente as produções de cortisol e melatonina. Para ter a sensação de descanso, o ideal é dormir 8 horas por noite.


Daniela Cardoso 
Assessoria Estácio Feira de Santana 

Mais notícias