24 de maio de 2022
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

NOTÍCIAS - 18/01/2022

Confira dicas para escolher o melhor regime tributário em 2022

Ouvir a matéria:
Confira dicas para escolher o melhor regime tributário em 2022

A escolha do regime tributário é uma das principais etapas da gestão fiscal e orçamentária de uma empresa, seja qual for o seu porte ou segmento. Isso porque, de modo geral, é uma oportunidade lícita de economizar recursos. Trata-se de uma prioridade para muitas empresas, considerando que a carga tributária no Brasil representa 33,1% do Produto Interno Bruto (PIB). Em comparação com outros países da América Latina, é menor apenas que a de Cuba, segundo informações do relatório Estatísticas Tributárias na América Latina e Caribe 2021. O prazo para adesão aos regimes geralmente é em janeiro, mas os especialistas recomendam que essa avaliação seja iniciada o quanto antes.

 

Márcio Medina, advogado e professor de direito tributário na pós-graduação do Centro Universitário Newton Paiva, ressalta a importância das empresas se dedicarem a essa escolha. "Quando negligencia esse aspecto, a organização ou empreendimento pode ter a sua carga tributária aumentada sem necessidade; porque seu produto ou serviço ficou mais caro do que o do concorrente. Também pode, ao contrário, recolher menos tributo do que o devido, o que pode resultar em cobranças não só do tributo faltante, mas, também, de multas elevadas e juros", explica.

 

O Brasil possui três regimes de tributação da renda que são obrigatórios por todo o ano. O primeiro é o chamado Lucro Real, que se aplica obrigatoriamente a empresas cujas receitas totais superam os R?78 milhões. As empresas também podem optar pelo Lucro Presumido, que tributa a renda a partir de uma presunção de lucratividade. Além disso, existe um regime chamado Lucro Arbitrado, que pode ser adotado pela empresa ou pelo Fisco quando a escrituração comercial não permite a apuração adequada dos tributos.

 

Uma outra sistemática de tributação, que não é considerada um regime pelo Código Tributário Nacional, é o Simples Nacional. Trata-se de um modelo simplificado e unificado, na qual tributos federais, estaduais e municipais são pagos em uma única guia e alíquotas, por meio de uma única declaração. No caso do Simples Nacional, a carga tributária tende a ser menor do que a dos demais regimes. Contudo, o sistema limita o faturamento anual das empresas a R? 4.800.000,00.

 

Qual o melhor regime?

 

Devido à quantidade de fatores que influenciam, não há receita de bolo para escolher o melhor regime. No entanto, o professor destaca que, conhecer bem as características e processos do negócio permite economizar tributos de forma lícita e significativa. "O primeiro passo é o compliance tributário, que se refere à posse dos controles internos necessários, ao conhecimento profundo das atividades, da legislação fiscal diretamente aplicável e das previsões legais menos onerosas", orienta. Um exemplo marcante é que os regimes das contribuições ao PIS e à Cofins dependem do regime adotado para a tributação da renda

 

Além disso, Márcio destaca outras duas vias importantes nesse processo: a administrativa e a judicial. "Conhecer e monitorar o posicionamento do Fisco, órgãos julgadores administrativos e da Procuradoria da Fazenda, bem como as teses judiciais aplicáveis às atividades da empresa. Essa medida permite ajustar o tratamento fiscal, economizar tributos e ainda afastar incidências tributárias ilegais ou inconstitucionais, bem como recuperar os valores pagos indevidamente nos últimos cinco anos", enfatiza o professor da Newton Paiva.

 

Sobre o Centro Universitário Newton Paiva

Com 49 anos de história, dois modernos complexos em Belo Horizonte (MG) e mais de 80% do corpo docente formado por mestres e doutores, a Newton está entre as principais instituições de ensino superior de Minas Gerais. A Newton oferece cursos de graduação, pós-graduação e a distância nas áreas de ciências exatas, tecnologia, saúde, ciências sociais e direito, além de programas de iniciação científica e de extensão e cursos livres online e presenciais. Consagrada pela alta qualidade acadêmica e excelente infraestrutura, conta com avançados laboratórios, núcleos de prática em diversas áreas do conhecimento e centros de inovação como o Fab Lab Newton, CNE -- Centro Newton de Empreendedorismo, CEJU -- Centro de Exercício Jurídico, NPCont -- Núcleo de Práticas Contábeis e o Smart Campus -- primeiro campus inteligente do estado. Os estudantes dos cursos de saúde, por exemplo, contam com as clínicas-escolas de Odontologia, Psicologia, Fisioterapia, Enfermagem, Farmácia, Estética e a Clínica de Veterinária. Nesses espaços, orientados pelos professores, os estudantes aplicam na prática o conhecimento adquirido em sala de aula e prestam serviços para a população, e os alunos de Arquitetura e Urbanismo contam com o escritório-modelo, Studio N. Além da reconhecida qualidade de ensino e de privilegiar a prática, a Newton investe permanentemente no relacionamento com o mercado, firmando importantes parcerias para proporcionar a seus alunos as melhores perspectivas e oportunidades profissionais, incluindo convênios e acordos com instituições educacionais internacionais.

Como parte de seu compromisso de promover a reflexão e incentivar uma mudança de atitude com relação ao desenvolvimento sustentável, à consciência ambiental e ao consumo consciente, a Newton apoia e promove os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma agenda firmada em 2015 por 193 países junto à ONU, para acabar com a pobreza, lutar contra as desigualdades e a injustiça e combater as mudanças climáticas até 2030.

Mais notícias