07 de dezembro de 2021
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

NOTÍCIAS - 24/11/2021

Após retirar candidatura para apoiar Ana Patrícia, Alice Cintra defende alternância de poder

Ouvir a matéria:
Após retirar candidatura para apoiar Ana Patrícia, Alice Cintra defende alternância de poder

A advogada Alice Cintra, que decidiu retirar a candidatura e apoiar Ana Patrícia na eleição para mesa diretora da Ordem dos Advogados do Brasil na Bahia (OAB-BA), defende alternância de poder e destaca a importância de uma mulher estar no mais alto cargo da seccional. As eleições da seccional baiana acontecem nesta quarta-feira (24).

 

"Entendo que hoje a oposição precisa estar com alianças formadas para que a gente tire as pessoas que se acham os donos da OAB-BA. O grupo que está no poder há 15 anos e a advocacia não se sente representada. Então a oposição precisa de uma aliança para ganhar", argumentou.

 

Segundo Alice, uma série de pleitos da categoria não foram atendidos pela atual gestão, de Fabrício Castro, que apoia a candidatura de Daniela Borges. Ela citou uma dessas demandas. "ausência de representatividade, hoje o advogado sofre violência das prerrogativas diariamente, todos nós. O judiciário da Bahia ficou fechado até semana passada. Isso é inadmissível. A OAB tem que lutar pela classe dos advogados", disse.

 

Com duas mulheres na disputa pela presidência no pleito desse ano, Ana Patrícia e Daniela, Alice destacou a necessidade e importância da instituição lutar contra o machismo. Ela ainda falou do quão representativa será ter uma mulher na presidência da OAB-BA. "Nós mulheres sofremos com machismo estrutural e não é diferente na nossa classe, é maravilhoso [ter uma mulher como presidente]. Ana [Patrícia], além de mulher, é de coragem, tem competência. Não basta ser mulher. O fato de ser mulher nos honra, mas nós temos competência e Ana vai mostra isso três anos de gestão que virão", acrescentou.

 

A Eleição da OAB em Salvador acontece no Centro de Convenções da cidade, na Orla da Boca do Rio. Participam da disputa para o triênio 2022-2024 Ana Patrícia Dantas Leão (chapa "OAB de Coração"), atual vice-presidente que rompeu com seu grupo e se lançou como candidata; Daniela Borges (chapa "União pela Advocacia"), conselheira federal na OAB Nacional eleita na chapa de Fabrício Castro, que optou em não concorrer pela reeleição e a lançou na disputa; Dinailton Oliveira (chapa "OAB pra Valer"), ex-presidente da Ordem; e Ricardo Nogueira (chapa "Liberta OAB").

 

O pleito definirá os cargos de presidente, vice-presidente, secretário-geral, secretário-geral adjunto, tesoureiro, diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados (CAAB), diretorias das Subseções no interior e membros do Conselho Seccional, do Conselho Federal.

Por Bahia Notícias 

Mais notícias