07 de dezembro de 2019
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

JUSTIÇA - 16/04/2019

Moraes ordena PF a fazer buscas em alvos do inquérito de fake news contra o STF

Moraes ordena PF a fazer buscas em alvos do inquérito de fake news contra o STF

O inquérito do Supremo Tribunal Federal que investiga supostas notícias falsas contra integrantes da Corte continua com seus desdobramentos. Na manhã desta terça-feira (16), a Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em ao menos dez endereços.

Os mandados foram ordenados pelo ministro do STF Alexandre de Moraes.

A casa do general da Reserva, Paulo Chagas, foi alvo de um dos mandados. Ele foi candidato ao governo do DF na última eleição e a investigação suspeita que mensagens publicadas pelo militar difundiram crimes contra a honra dos ministros e o fechamento do Supremo.

Pelo Twitter, Paulo Chagas ironizou o mandado de busca e apreensão. “Caros amigos, acabo de ser honrado com a visita da Polícia Federal em minha residência, com mandato de busca e apreensão expedido por ninguém menos do que ministro Alexandre de Moraes”, afirmou. “Quanta honra! Lamentei estar fora de Brasília e não poder recebê-los pessoalmente”, completou.

Caros amigos, acabo de ser honrado com a visita da Polícia Federal em minha residência, com mandato de busca e apreensão expedido por ninguém menos do que ministro Alexandre de Moraes.
Quanta honra!
Lamentei estar fora de Brasília e não poder recebe-los pessoalmente.

8.270 pessoas estão falando sobre isso

O inquérito foi aberto em março a pedido de Dias Toffoli buscando apurar “notícias fraudulentas fake news, denunciações caluniosas, ameaças e infrações revestidas de animus caluniandi, diffamandi ou injuriandi, que atingem a honorabilidade e a segurança do Supremo Tribunal Federal, de seus membros e familiares, extrapolando a liberdade de expressão”.

JOVEM PAN

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%