23 de maio de 2022
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

GERAL - 18/12/2021

Trabalhadores desempregados concluem cursos do Emprega Mais com expectativa de recolocação profissional

Ouvir a matéria:
Trabalhadores desempregados concluem cursos do Emprega Mais com expectativa de recolocação profissional

Desempregada desde o início da pandemia, a recepcionista Thaislane Ferreira, 27 anos, que mora em Camaçari, sonhava com a formação em elétrica para seguir a trajetória de familiares e amigos, mas sem renda, não tinha como custear a capacitação profissional. Beneficiada pelo programa Emprega Mais, promovido pelo Senai em parceria com a Braskem, a jovem, que tem dois filhos, concluiu o curso de Auxiliar de Manutenção Elétrica Industrial e agora almeja construir uma carreira nesse setor. "No início foi difícil e pensei que não iria conseguir, mas com a ajuda do professor, aprendi e evolui nas aulas. Quero continuar estudando e trabalhando nesse ramo", conta Thaislane, que terminou o curso com média 9,6, e é um dos 54 finalistas que receberam, nesta sexta-feira, 17, o certificado de conclusão dos cursos de Mecânico de Manutenção de Máquina Industrial, Auxiliar de Manutenção Elétrica Industrial e Assistente de Operações Logísticas.

Durante a cerimônia, os alunos foram surpreendidos com um anúncio: os estudantes que tiveram os melhores resultados serão convidados, por fornecedores da Braskem, para participar dos seus processos seletivos. Morador de Camaçari, Paulo Vinicius Bispo, 20 anos, sonha com oportunidades como essas para conquistar o primeiro emprego com carteira assinada. Trabalhando há seis anos no mercado informal como barman e lavador de carro, ele não se sentia qualificado para participar de uma seleção de trabalho. "Eu não tinha experiência e meu currículo não era competitivo. Agora, esse curso levantou minha autoestima e estou na expectativa de conseguir meu primeiro emprego com carteira assinada", relata o jovem, que se formou como Assistente de Operações Logísticas.

Aloízio Mouzarte, 41 anos, também quer sair da informalidade e voltar ao mercado de trabalho. Desempregado há 3 anos, ele fez o curso de Mecânico de Manutenção de Máquina Industrial para ampliar sua empregabilidade. "Eu já trabalhei como técnico de operação, mas em uma área muito específica, então encontrei dificuldade em conseguir emprego. Agora com essa formação, acredito que terei mais possibilidades, já que é uma área muito promissora e que tenho vivência", conta Aloízio, que saía todos os dias de Dias d'Ávila para assistir as aulas em Camaçari. "Era difícil, mas me esforcei para concluir o curso, pois quero uma oportunidade melhor. Hoje estou me virando fazendo vários bicos para sustentar meu filho de 11 anos", complementa.

WhatsApp Image 2021-12-17 at 16.55.35.jpeg

Aloízio Mouzarte está desempregado há três anos, mas acredita que curso ajudará na recolocação

Emprega Mais - Coordenado pelo Ministério da Economia, o programa promovido pelo Senai contou com a parceria da Braskem com o objetivo de oferecer qualificação de profissionais desempregados de Camaçari e Dias d'Ávila, buscando contribuir com a recolocação deles no mercado. "Acreditamos na educação como uma ferramenta de transformação social. Por meio dessa capacitação, esses profissionais saem mais competitivos e preparados para o mercado. Apoiá-los nesse momento é uma forma de contribuir com o desenvolvimento local das comunidades onde eles moram", afirma Magnólia Borges, gerente de Relações Institucionais da Braskem na Bahia.

Além da formação específica, os estudantes também tiveram 40 horas de preparação para inserção no mercado de trabalho. "Esse módulo tem um valor agregado muito grande, já que ensina como eles devem elaborar um currículo, como participar de uma entrevista e se comportar no ambiente de trabalho, além de desenvolver as competências socioemocionais que são exigidas atualmente. Desta forma, eles saem profissionais mais completos", explica Andrea Cirqueira, gerente do programa Emprega Mais, do Senai.

Os cursos de capacitação contemplaram moradores de 38 bairros entre Camaçari e Dias d'Ávila, como Nova Dias d'Ávila, Leandrinho, Lamarão do Passé, Nova Vitória, Lama Preta, Jardim Limoeiro, Mangueiral, Phoc, Parque Florestal, entre outros.  

Por Paula Pitta

Mais notícias