22 de julho de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FUTEBOL - 30/10/2023

Em confronto direto pelo acesso, Vitória fica no zero com o Juventude

Em confronto direto pelo acesso, Vitória fica no zero com o Juventude

Em mais um confronto direto pelo acesso, o Vitória ficou no empate com o Juventude no Barradão. Na noite deste domingo (29), nenhuma das duas equipes conseguiu furar o bloqueio do adversário e a partida terminou em 0 x 0. O time baiano foi a 65 pontos e segue na liderança da Série B.

Com o resultado, o Vitória continua com uma boa vantagem para o quinto colocado - oito pontos - e precisará somar mais cinco para conseguir o acesso à Primeira Divisão. Além disso, as derrotas de Sport e Atlético-GO pela 34ª rodada ajudaram o Rubro-Negro, que abriu seis de distância para os dois adversários, deixando a equipe baiana mais próxima do título.

No próximo domingo (5), o Vitória terá mais um desafio dentro de casa. O Leão recebe o Vila-Nova no Barradão, às 18h, pela 35ª rodada da Segundona. 

O JOGO

Primeiro tempo

O jogo começou com o Juventude tentando encurralar o time do Vitória no campo de defesa, explorando as costas dos laterais rubro-negros. Em contrapartida, o Leão apertou a saída de bola do time gaúcho e quando teve a posse, trocou passes para achar espaços. O Juventude foi mais incisivo e teve duas chances com Erick e Gabriel Taliari. O Rubro-Negro não conseguiu encaixar a marcação no meio-campo e quando chegou no ataque, se precipitou nas decisões. A equipe alviverde terminou o primeiro tempo melhor.

Aos nove minutos, Matheusinho puxou contra-ataque e acionou Osvaldo pela direita. O camisa 11 cruzou para Matheus Gonçalves, que cabeceou fraco e sem direção.

Aos 21, David avançou pela esquerda e cruzou para Erick. O camisa nove cabeceou para a defesa em dois tempos de Lucas Arcanjo.

Aos 26 minutos, Jean cobrou falta de longe, a bola desviou na barreira e passou rente à trave esquerda. 

Aos 38 minutos, em jogada de velocidade, Osvaldo recebeu de Léo Gamalho e chutou cruzado, mas a bola passou por cima de Thiago Couto.

Salva Arcanjo! Aos 43, após cobrança de escanteio, Zé Marcos cabeceou no cantinho e o goleiro rubro-negro pulou para fazer a defesa.

Nos acréscimos da primeira etapa, Osvaldo cobrou falta na área e o goleiro gaúcho espalmou para frente. No rebote, Camutanga tentou de cabeça e na volta, Léo Gamalho chutou para fora.

Segundo tempo

O Vitória voltou para o segundo tempo mais atento e valorizando a posse de bola. No entanto, o Leão seguiu afoito e não conseguiu chegar com perigo por conta dos erros na hora do último passe. O Juventude recuou o time e tentava sair no contra-ataque. O jogo seguiu truncado, com as duas equipes pouco inspiradas. Após as entradas de Giovanni Augusto e Zé Hugo, o Rubro-Negro se lançou ao ataque e tentou sufocar o time alviverde para poder abrir o placar. A partida seguiu sem emoções e nenhum dos times saiu do zero. 

Aos 15 minutos, Dudu lançou para Léo Gamalho, mas o centroavante não conseguiu desviar e a bola passou direto para fora.

Aos 44, Wellington Nem cobrou falta na área e Matheus Trindade cabeceou para a defesa de Thiago Couto.

No fim, Wagner Leonardo perdeu a bola e Tite partiu livre em direção ao gol. Porém, Lucas Arcanjo estava atento e se antecipou para fazer o corte. 

FICHA TÉCNICA

Vitória 0 x 0 Juventude
Série B - 34ª rodada
Local:
 Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 29/10/2023 (domingo)
Horário: 19h
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Celso Luiz da Silva (MG)
Quarto árbitro: Ricarle Gustavo Goncalves Batista (BA)
VAR: Philip Georg Bennett (RJ)

Cartões amarelos: Rodrigo Andrade, Dudu, Wellington Nem e Matheus Trindade (Vitória) / Zé Marcos, Gabriel Taliari e Alan Ruschel (Juventude)

Vitória: Lucas Arcanjo; Railan, Camutanga, Wagner Leonardo e Édson Lucas (Zeca); Rodrigo Andrade (Matheus Trindade), Dudu e Matheusinho (Zé Hugo); Osvaldo © (Wellington Nem), Matheus Gonçalves (Giovanni Augusto) e Léo Gamalho. Técnico: Léo Condé

Juventude: Thiago Couto; Dani Bolt (Kadi), Danilo Boza, Zé Marcos e Alan Ruschel; Jean Irmer, Jadson, Matheus Vargas (Vini Paulista) e Nenê © (Erick) (Ruan); David (Tite) e Gabriel Taliari. Técnico: Thiago Carpini

Por Metro 1

Mais notícias