17 de junho de 2021
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FUTEBOL - 06/05/2021

Técnico do Vitória pede desculpas a torcida e dá a entender que pode estar de Covid

Ouvir a matéria:
Técnico do Vitória pede desculpas a torcida e dá a entender que pode estar de Covid

Já virou moda ouvir pedidos de desculpas aos torcedores ao final de jogos do Vitória. Nesta quarta-feira (5) foi feito mais um, mais uma vez por Rodrigo Chagas. O técnico lamentou a eliminação do Campeonato Baiano na primeira fase e se desculpou com a torcida.

Na oportunidade, o comandante ainda alegou que não priorizou o estadual. "Disputamos três competições e, por mais que disséssemos que não priorizaríamos competições, priorizamos sim a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste. O Campeonato Baiano, infelizmente, a equipe que estávamos montando não era a titular e não conseguimos resultados, o que fez com que chegássemos ao resultado de hoje. Peço desculpas aos nossos torcedores. A tristeza é muito grande. Tínhamos o objetivo de disputar as finais. Com o elenco que nós temos, buscamos ser fortes nas três competições".

O treinador ainda lamentou os inúmeros casos de Covid no grupo e surpreendeu ao dar a entender que também pode estar infectado, mesmo tendo trabalhado normalmente na partida. "Nesses três jogos finais, tivemos muitos desacertos, principalmente a questão da Covid. Perdemos muitos atletas. Estou dando entrevista de máscara, não estou muito legal. Isso atrapalhou nosso trabalho".

O treinador ainda continuou na contramão da torcida ao mostrar confiança no elenco para a disputa da Série B. "Temos que aproveitar a semana, com os atletas que estão chegando, fortalecer o grupo. Recuperar os atletas também, desse surto de Covid. Teremos três semanas de uma preparação boa para estrear bem contra o Guarani. Tenho certeza que faremos um trabalho muito bom e faremos valer isso no final do Brasileiro".

Informações por Bahia Notícias

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%

Mais notícias