26 de novembro de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FUTEBOL - 05/11/2020

Pedro brilha, Flamengo bate Athletico e prossegue na Copa do Brasil

Pedro brilha, Flamengo bate Athletico e prossegue na Copa do Brasil

Nesta quarta-feira (4), no Rio de Janeiro, o centroavante Pedro foi novamente o principal nome do Flamengo. Desta vez, balançando duas vezes a rede e comandando a vitória por 3 a 2 sobre o Athletico Paranaense, no Maracanã, que garantiu a classificação do Rubro-Negro carioca nas oitavas de final da Copa do Brasil. O sorteio dos confrontos das quartas será nesta sexta-feira (6).

O time dirigido pelo catalão Domenèc Torrent entrou em campo com a vantagem de ter vencido a partida de ida, há uma semana, por 1 a 0 na Arena da Baixada, em Curitiba. O empate seria o suficiente para levar o atual campeão brasileiro à próxima fase. Ao Furacão, só uma vitória por dois gols de diferença interessava. Caso a equipe paranaense vencesse por um gol de saldo, o confronto seria decidido nos pênaltis.

Os 74% de posse de bola e os 317 passes trocados (o triplo do Athletico), segundo o site Sofascore, mostram o domínio do Flamengo na primeira etapa. Aos 23 minutos, o lateral Matheuzinho cruzou pela direita, Pedro dividiu com o zagueiro Thiago Heleno, girou e mandou para as redes com tranquilidade. Dez minutos depois, outra assistência de Matheuzinho e outra finalização de Pedro para o gol. O hat-trick só não saiu porque o goleiro Santos, aos 44, salvou uma tentativa de cavadinha do atacante.

Se do meio para frente o time carioca tinha controle do jogo, o sistema defensivo, exposto como em outras partidas, parecia em outra sintonia. Uma saída de bola equivocada aos 26 minutos culminou na marcação de um pênalti do zagueiro Léo Pereira no atacante Carlos Eduardo, anulado após o árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira conferir o lance no vídeo. Já aos 40, o volante Erick aproveitou erro de passe do volante William Arão e bateu da entrada da área, diminuindo o prejuízo do Furacão.

No segundo tempo, o Athletico obrigou o goleiro Hugo Souza a duas boas defesas - primeiro em cabeçada de Thiago Heleno, depois em finalização de Carlos Eduardo. Mas não demorou para o Flamengo recuperar o comando do jogo. O volante Thiago Maia até balançou as redes, mas o lance foi anulado por impedimento do lateral Maurício Isla na origem do lance. Aos 38, não teve jeito: o atacante Michael aproveitou rebote de Santos e selou a classificação. Aos 42, o atacante Bissoli diminuiu outra vez para o Furacão, mas tarde demais.

Os dois times voltam a campo no fim de semana pela Série A do Campeonato Brasileiro. No sábado (7), o Athletico recebe o Fortaleza na Arena da Baixada, em Curitiba, às 18h (horário de Brasília). Já no domingo (8), o Flamengo visita o Atlético-MG no Mineirão, em Belo Horizonte, às 18h15, em confronto direto pela liderança.

América elimina Timão

Se a maior torcida do Brasil comemorou a classificação na Copa do Brasil, a segunda maior teve que se despedir da competição. No Estádio Independência, em Belo Horizonte, Corinthians e América-MG ficaram no 1 a 1. Como venceu a partida de ida por 1 a 0, há uma semana, na Neo Química Arena, em São Paulo, o Coelho avançou às quartas de final pela primeira vez.

Mesmo com a vantagem no placar agregado, o América tomou a iniciativa e foi superior na etapa inicial, mas não foi eficiente na conclusão dos lances. Dos 11 chutes, apenas quatro foram em direção ao gol de Cássio. Na melhor chance, aos 41 minutos, o meia Geovane bateu de fora da área e obrigou o goleiro alvinegro a se esticar no canto esquerdo para evitar o gol. O Timão, apesar de ter a bola, foi incapaz de agredir o Coelho.

O Corinthians voltou do intervalo mais objetivo. Aos nove minutos, o goleiro Matheus Cavichioli fez grande defesa em cabeçada de Davó. No lance seguinte, o atacante corintiano foi derrubado por Anderson Jesus na área. O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães, que tinha dado tiro de meta, conferiu a jogada no vídeo e anotou pênalti do zagueiro, convertido pelo lateral Fagner.

Os mineiros seguiram em cima. Aos 35 minutos, o árbitro viu toque de mão do lateral Lucas Piton na grande área, assinalando a penalidade. O atacante Rodolfo bateu e deixou tudo igual. O Timão se lançou ao ataque, ainda que de forma desordenada, quase voltando a frente em finalização do volante Gabriel que o zagueiro Messias salvou em cima da linha, aos 42 minutos. Foi o último suspiro alvinegro na Copa do Brasil.

As duas equipes têm compromisso no fim de semana. Pela Série B do Brasileirão, o América recebe a Ponte Preta às 18h30, no Independência - o Coelho é o terceiro colocado. No mesmo dia, às 21h, o Corinthians vai a Goiânia enfrentar o Atlético-GO, no Estádio Olímpico, pela Série A. Por Agência Brasil

Edição: Fábio Massalli

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%

Mais notícias