15 de julho de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FEIRA DE SANTANA - 17/06/2024

Produtos confeccionados em palha ganham destaque na Galeria do Artesão

Produtos confeccionados em palha ganham destaque na Galeria do Artesão

A Galeria do Artesão é o destino perfeito para quem busca por artigos decorativos artesanais confeccionados em palha, barro e outros materiais naturais. No espaço localizado na rua Olímpio Vital - próximo ao cruzamento com a rua Manuel Mathias - uma variedade de produtos é oferecida para agradar os clientes. O espaço é mantido pela Prefeitura de Feira de Santana.

O destaque vai para os produtos em palha. Tem abanos, painéis, cestos, esteiras, peneiras e centros de mesa. Alguns deles personalizados com chita. Ainda opções de adereços para a cabeça como chapéus e tiaras. No período junino, a decoração rústica é característica dos ambientes.

Entre os comerciantes, a loja Bahia Pita Artesanato se destaca por oferecer espantalhos de 30 centímetros a 1,80 metro de altura. O produto é fabricado pela artesã Iza Cristina Pita com apoio do marido Wilson Pereira e colaboradores. Ela conta que a fabricação é feita exclusivamente pela loja e a produção ocorre durante o ano inteiro, com dedicação especial no período junino devido as encomendas. Os bonecos foram apelidados carinhosamente de Julinho e Busca-pé.

"Trabalhamos com folhagens, arranjos naturais, pinturas, cenários em miniatura e no período junino nos dedicamos a fabricação de espantalhos. Vendemos para Feira e região e mesmo depois da festa continuamos a produzir para ter disponível para a venda. Também personalizamos peças como mandalas, peneiras e abanos", explica Iza. 

Os preços dos espantalhos variam conforme tamanho. Os menores, de 30 e 45 centímetros, custam R$ 50 e R$ 70 o casal - respectivamente. Já os maiores - de 90 centímetros, 1,40 e 1,80 metro - custam R$ 100, R$ 150 e R$ 185 cada. E tem desconto para pagamentos em espécie e compras em quantidade. A loja oferece ainda opção de parcelamento. 

Outro produto diferenciado que pode ser encontrado na Galeria do Artesão é o chapéu de lampião feito de palha. A ideia foi de Fábio Silva, conhecido como Fábio Sela. Para se destacar no mercado, criou o adereço há cerca de quatro anos como opção mais barata do chapéu de lampião - tradicionalmente confeccionado em couro.

Atualmente Fábio Sela produz em média 100 chapéus de lampião em palha por mês. O produto custa R$ 25 e o vestuário fica completo com o cinto cartucho por R$ 20. No andar superior da galeria, o comerciante vende ainda outros artigos de couro como selas, montarias para cavalo, coletes, chapéus, botas, chaveiros e sandálias.

"O chapéu de lampião criei para embelezar e manter a tradição do cangaceiro que é muito forte e remete a origem de Feira de Santana com os vaqueiros. A produção é diária e conto com apoio de uma equipe. Os materiais são de baixo custo e sintéticos, o que contribui para o valor. Um chapéu de lampião em couro custa em torno de R$ 75", relata Fábio Sela.

     

De acordo com a responsável pela Galeria do Artesão, a chefe da Divisão de Apoio às Atividades Turísticas, Graça Cordeiro, entre os comerciantes a expectativa é de aumentar as vendas na semana do São João. Ela destaca que o entreposto é bastante procurado durante todo o ano por moradores de municípios da região circunvizinha.

"Os comerciantes estão com bom estoque de mercadoria para atender a demanda dos clientes. Esta é a melhor época para eles, pois muitos buscam os produtos artesanais para decoração de sítios, chácaras, casas de praia e como o período junino é uma tradição do Nordeste, há uma procura muito grande desses produtos mais rústicos em palha, madeira e barro", observa.

Por Secom

Mais notícias