15 de abril de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FEIRA DE SANTANA - 22/02/2024

Vereador quer investigação de suposto vínculo de peritos do INSS com empresas privadas em Feira

Vereador quer investigação de suposto vínculo de peritos do INSS com empresas privadas em Feira

Provável vínculo de médicos peritos que atuam no Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS) com empresas, em Feira de Santana, pode estar por trás do indeferimento da solicitação de benefício para mais de 50 trabalhadores. A denúncia foi feita nesta quarta-feira (21) pelo vereador Paulão do Caldeirão (PSC) na Tribuna da Câmara, após seu mandato ter recebido informações do fato, que considerou como “gravíssimo”. O parlamentar suspeita que, a exemplo do “já constatado pelo Brasil afora”, através de reportagem em emissora de tv, “exista um grupo atuando” na agência do INSS local “para prejudicar os trabalhadores feirenses”.

Conforme relatou Paulão, um total de mais de 50 pessoas estariam sendo prejudicadas pelo INSS em Feira. “São pacientes lesionados, cadeirantes, indivíduos sem condições de andar que ao chegarem na perícia, logo recebem alta médica. E nem o relatório é analisado”, explicou. Objetivando adotar medidas cabíveis, o vereador pretende realizar uma reunião nesta quinta (22) com advogados para discutir a questão. Após isto, garantiu ele, será dado conhecimento do fato ao Ministério Público do Trabalho (MPT), à Polícia Federal e Polícia Civil visando investigar a “relação de médicos peritos com empresas privadas no Município”.

“Eu quero saber qual é o critério de indicação para o INSS em Feira, como se dá a contratação e quais os critérios periciais utilizados, pois estão lesando o trabalhador feirense”, reclamou. Outra iniciativa do mandato, ressaltou ele, foi a apresentação de um requerimento para convocação de uma médica perita e uma assistente social do instituto, para dar explicações ao Poder Legislativo. A matéria ainda será discutida e votada no plenário da Casa. “Se preciso for, até iremos acionar a Prefeitura para cassar o alvará de empresa que esteja participando desta fraude”, advertiu.

 

Foto: Paulo José

Por Ascom

Mais notícias