24 de setembro de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FEIRA DE SANTANA - 07/08/2020

Zé Neto minimiza pulverização de candidaturas da base de Rui: "Em Feira não vai ter Ba-Vi"

Zé Neto minimiza pulverização de candidaturas da base de Rui:

ré-candidato à Prefeitura de Feira de Santana pelo PT, o deputado federal Zé Neto minimizou a pulverização de candidaturas da base de do governador Rui Costa (PT) na cidade. Ele reconhece que o apoio de Targino Machado (DEM) a Carlos Geílson (Avante) "esquentou" a disputa, e que o ex-deputado tentará ser uma "terceira via" na briga que até o momento tem como favoritos o petista e o atual prefeito Colbert Martins (MDB).

Líder nas pesquisas de intenção de voto, o deputado prevê que o leque de candidatos afasta a cidade de uma polarização no pleito: "Tem cidades que vai ter Ba-Vi, em Feira não vai ter Ba-Vi, eu acho".

Em entrevista à rádio Metrópole nesta sexta-feira (7), Zé Neto admitiu que ligou para Carlos Geílson e se colocou à disposição para apoiá-lo em um eventual segundo turno. Mas, caso o próprio petista avance, vai contar com o apoio do ex-deputado com quem tem "uma relação pessoal muito boa".

"Eu disse a ele: se você quiser confusão comigo, comigo você não acha. Se for para o segundo turno, eu te apoio, e se eu for para o segundo turno, vou atrás de você", brincou.

Sobre a omissão de Zé Ronaldo (DEM), ex-prefeito e principal cabo eleitoral da base governista na cidade, o deputado lembra que o demista vive um "momento difícil" na vida pessoal, desde o bloqueio de bens determinado pela Justiça, por suspeita de fraudes em licitações durante a sua gestão.

Ele comentou ainda a candidatura da deputada Dayane Pimentel (PSL), que seria mais uma "vertente" para os eleitores da cidade. Segundo o parlamentar, Dayane tem recursos para se viabilizar como uma opção, com "tempo de televisão" e "recursos partidários". Informações por B News

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%

Mais notícias