05 de junho de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FEIRA DE SANTANA - 19/03/2020

Decreto do governador Rui Costa esvazia Terminal Rodoviário de Feira de Santana

Decreto do governador Rui Costa esvazia Terminal Rodoviário de Feira de Santana

O decreto do governador Rui Costa anunciando várias medidas para restringir a circulação de pessoas na Bahia esvaziou o Terminal Rodoviária de Feira de Santana. Pelo decreto, a partir de meia noite desta quinta-feira (19), estará proibido o transporte intermunicipal (Saiba mais aqui).

O gerente do Terminal Rodoviário, Gustavo Pluma, disse ao Acorda Cidade que a queda no fluxo de passageiros já vinha acontecendo há algum tempo e que agora reduziu ainda mais. Segundo ele, os prejuízos serão grandes, principalmente em virtude da taxa de embarque que também deixará de ser cobrada.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

“Já notamos, na verdade, desde a semana passada uma redução na movimentação de passageiros, até pela característica do período em si. Já existe realmente uma diminuição por conta do próprio período, mas por conta do coronavírus, nós já notamos uma redução maior. Temos aqui aproximadamente 160 linhas que circulam diariamente pelo terminal e a média diária de passageiros, é de 3 mil passageiros por dia. Essa redução vai significar uma perda muito grande financeira para e empresa. A situação é preocupante, mas entendemos que essa medida é para não se alastrar a disseminação do coronavírus. Sofreremos um impacto muito grande com relação a essa medida, mas estamos aqui para seguir a lei”, disse.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Passagens compradas

A gerente da empresa Camurujipe Berenice Ribeiro Neri confirma a redução do fluxo de vendas de passagens desde a semana passada. Ela explicou em entrevista ao Acorda Cidade que as pessoas que compraram passagem antecipadamente podem remarcar a data sem nenhum custo adicional.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade 

“Vamos atender ao decreto do governador. Seguir todas as normas e depois que passar tudo isso aí, nós vamos remarcar. Aqueles que já compraram não tem custo algum. As pessoas que compraram para viajar depois podem antecipar até amanhã meia-noite”.

Berenice relatou que a empresa de ônibus tem linhas para os municípios de Jequié, Vitória da Conquista, Poções, Itatim, Milagres, entre outros municípios. Ela também comentou sobre os prejuízos, mas concordou com a decisão do governador.

Servidora de uma escola na cidade de Alagoinhas, Maria de Fátima Andrade Souza, aguardava um ônibus para ir para Castro Alves. Ela estava preocupada com a restrição do governador, mas também apoia o decreto.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade 

“Como as atividades educacionais no município de Alagoinhas foram interrompidas diante da pandemia que está ocorrendo no mundo, eu estou retornando para a minha cidade que é Cruz das Almas. Acho que é correto, prudente este decreto. O governador do estado e de todos os estados do Brasil tem que tomar todas as medidas possíveis para que a gente venha diminuir essa incidência de casos, fazendo com que tenha menos proliferação desse vírus e que a gente tome toda a precaução possível. Temos que prevenir. Estou indo agora ver meus pais e eles fazem parte do grupo de risco. Então eu estou muito preocupada até porque eu estou passando por Feira de Santana, o município que já tem casos confirmados”, declarou.

A dona de casa Aparecida Heleny Araújo, estava aguardando um ônibus para Salvador e pretendia retornar no próximo domingo, mas decidiu antecipar o retorno. Ela disse que está muito preocupada, mas tem fé em Deus que a situação irá melhorar.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

“Vou pra Salvador e pretendo ficar uns três dias. Se não der pra voltar depois eu posso voltar até amanhã a tarde. Vou adiantar o retorno. Eu também concordo com a medida”, frisou.

O ponto de veículos que rodam clandestinamente para Salvador que funciona na Avenida Presidente Dutra também estava vazio nesta quarta-feira (18). Um motorista que pediu para não ser identificado disse que os motoristas vão colaborar com o governo do estado.

“Vamos colaborar até porque o ponto em si, o fluxo de passageiros já está menor. Muitas pessoas já estão tendo conhecimento da gravidade da situação. A nossa intenção é colaborar. Muita gente desistiu de viajar devido a gravidade do vírus. Também tivemos prejuízos, mas vamos cumprir o decreto para a gente não se expor nem expor os outros a esse risco”, concluiu.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Pelo decreto do governador Rui Costa os veículos que transportam passageiros entre cidades com casos confirmados estarão proibidos de circular a partir da meia-noite de quinta-feira para sexta. Quem não obedecer terá o veículo apreendido. ACORDA CIDADE/DILTON COUTINHO

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?