18 de fevereiro de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FEIRA DE SANTANA - 12/02/2020

Idosos feirenses passam a contar com atendimento multidimensional nas Unidades de Saúde da Família

Idosos feirenses passam a contar com atendimento multidimensional nas Unidades de Saúde da Família

Feira de Santana é uma das cinco primeiras cidades do Brasil a oferecer atendimento multidimensional a saúde da pessoa idosa na rede de atenção primária. Uma cerimônia de encerramento do treinamento e monitoria aos profissionais de saúde marcou o início da implementação da linha de cuidados na última quinta-feira, 06.

O evento contou com a presença da assessora da coordenação nacional de saúde da pessoa idosa do Ministério da Saúde, Maria Cristina Hoffmann, que parabenizou o Governo do prefeito Colbert Martins Filho ao demonstrar interesse em implementar uma linha de cuidados a saúde da pessoa idosa.

“Municípios que manifestaram o interesse em participar do processo de implementação reconhecem a importância de qualificar o cuidado aos idosos, que é de extrema relevância já que o Brasil vem envelhecendo de forma acelerada e isso implica no ajuste do sistema de saúde. Feira de Santana está saindo na frente, se preparando para atender as necessidades desse novo perfil populacional que o país está passando, estão de parabéns. Estamos felizes em contribuir para um atendimento de qualidade”, pontuou Maria Cristina Hoffmann.

De acordo com Isabela Machado, enfermeira referência técnica em saúde da pessoa idosa, a avaliação multidimensional oferece uma assistência adequada aos idosos do município.

“Esse idoso contará para além de um serviço de saúde, ele será avaliado nos aspectos clínicos, psicossocial e funcional, de forma multidimensional. Cada idoso irá possuir uma caderneta para acompanhamento do profissional de saúde”, explica Isabela Machado.

Feira de Santana possui 42 mil pessoas idosas cadastrados na rede de atenção primária que serão beneficiados com o serviço. Cerca de 14.341 cadernetas já se encontram em Feira de Santana e a expectativa é que cheguem 35 mil.

Estratégias de sucesso implantadas pelas equipes das unidades de saúde foram apresentadas no momento da cerimônia de encerramento. A secretária de saúde, Denise Lima Mascarenhas, esteve presente no evento e abordou sobre a importância em preparar os profissionais para atuar nas diversas demandas recebidas pelas equipes de saúde.  

A implementação da linha de cuidados a saúde da pessoa idosa foi promovido pelo Hospital Israelita Albert Einstein através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROAD SUS) do Ministério da Saúde, que elegeu cinco cidades que demonstraram interesse.

Desde maio do ano passado diversos profissionais das Unidades de Saúde da Família, Centro de Atendimento ao Diabético e Hipertenso, Serviço de Atenção Domiciliar e programa Consultório na Rua foram capacitados de forma presencial e a distância. Entre eles enfermeiros, médicos, assistentes sociais, educadores físicos, psicólogo, e entre outros.

Os profissionais realizaram um mapeamento para identificar o perfil do idoso da região, sua capacidade funcional, as necessidades e o que ele precisa para realizar as atividades da sua vida diária. A partir desse reconhecimento foram estabelecidos fluxos que agilizem o atendimento a este público.

“Pensar a linha de cuidado é dar prioridade para um público com maior vulnerabilidade. Isso ajuda que otimize recursos e trabalho das equipes”, finalizou Maria Cristina Hoffmann.

SECOM/FSA

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%