25 de novembro de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FAMOSOS - 04/10/2020

Bomba! Maísa Silva não renova contrato e deixa o SBT após 13 anos de parceria

Bomba! Maísa Silva não renova contrato e deixa o SBT após 13 anos de parceria

Em um comunicado enviado à imprensa neste sábado, 3, a emissora revela que partiu da jovem a decisão de não manter o contrato com a emissora.

"A decisão foi tomada por conta de novos projetos pessoais e profissionais que Maisa tem vontade de fazer. Sua parceria com a emissora continua através do Teleton e participações especiais nos programas da casa", diz um dos trechos do comunicado.

Maisa Silva estreou no SBT em 2007 no comando do Sábado Animado. Com participações marcantes no Programa Silvio Santos, ela se tornou uma das estrelas do canal. Por lá, também mostrou seu lado como atriz em sucessos como Carrossel e Patrulha Salvadora. 

No ano passado, foi promovida e ganhou uma própria próprio, de variedades, exibido aos sábados. 

Leia a nota: 

SBT informa que, após 13 anos de emissora, a apresentadora Maisa comunicou a emissora sobre a não renovação de seu contrato, que vence em Outubro. Foi uma decisão muito difícil, mas a apresentadora sai pela porta da frente e com imensa gratidão a toda a família Abravanel  e todos os profissionais que participaram de sua jornada durante esse período onde cresceu e se desenvolveu como artista, apresentadora e influenciadora. A decisão foi tomada por conta de novos projetos pessoais e profissionais que Maisa tem vontade de fazer. Sua parceria com a emissora continua através do Teleton e participações especiais nos programas da casa, como  Programa Silvio Santos, Domingo Legal, projetos digitais, entre outros. Será o início de um novo ciclo na vida de Maisa. A diretoria e todos os colegas do SBT desejam à apresentadora ainda mais sucesso e realizações em seus novos caminhos. Por Contigo!

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%

Mais notícias