17 de abril de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

ECONOMIA - 30/11/2023

Confira estratégias que podem ajudar a utilizar o 13º sem comprometer o bolso

Confira estratégias que podem ajudar a utilizar o 13º sem comprometer o bolso

Com a chegada do final do ano, muitos trabalhadores já começam a planejar como utilizar o aguardado 13º salário. A primeira parcela do benefício deve ser paga até o dia 30 de novembro para cerca de 87,7 milhões de brasileiros, segundo levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Serão R$ 291 bilhões injetados na economia neste período.

 

Especialistas financeiros alertam para a importância de utilizar esse recurso extra de maneira consciente e estratégica, visando não apenas o consumo imediato, mas também o planejamento financeiro em longo prazo. O consumidor deve ficar atento nesta época do ano a tentações que podem comprometer o bolso, como a Black Friday e o Natal.

 

Andre Luis Barbosa, presidente do Conselho Regional de Contabilidade da Bahia (CRCBA) alerta para a importância de quitar ou reduzir as dívidas. Utilizar parte do 13º para pagar contas atrasadas ou diminuir pendências financeiras pode ajudar a reduzir os juros e a ter um 2024 financeiramente mais saudável. De acordo com um levantamento da LCA Consultores, a partir de dados do Banco Central, a inadimplência dos tomadores de crédito cresceu 60%, alcançando R$ 124 bilhões, já descontada a inflação, de dezembro de 2019 a julho de 2023.

 

“É aconselhável destinar uma parcela do 13º para a criação ou o reforço de uma reserva de emergência. Ter um fundo para imprevistos é crucial para enfrentar momentos de instabilidade financeira sem comprometer o orçamento mensal”, ressalta Andre Luis Barbosa.

 

Além disso, considerar investimentos também é uma excelente estratégia para fazer o dinheiro render ao longo do tempo. Buscar orientação de profissionais da área ou realizar pesquisas para encontrar opções de investimento alinhadas ao perfil e aos objetivos financeiros pode ser uma excelente maneira de fazer o 13º trabalhar a favor do futuro.

 

É importante reservar uma parte do décimo terceiro para o lazer e o entretenimento, mas sempre dentro de um planejamento prévio, explica o presidente do CRCBA. “Destinar uma porcentagem do 13º para momentos de relaxamento e diversão é válido, desde que seja feito de maneira consciente, sem comprometer as outras áreas financeiras prioritárias”, finaliza.

 

Helder Azevedo

[email protected]

Mais notícias