05 de julho de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

ECONOMIA - 15/06/2020

Cerca de 14 milhões de pessoas ainda não declararam o Imposto de Renda

Cerca de 14 milhões de pessoas ainda não declararam o Imposto de Renda

Em razão da pandemia da Covid-19, a data de entrega do imposto de Renda Pessoa Física 2020, ano-base 2019 mudou para o dia 30 de junho. Como o primeiro e o segundo lotes de restituição serão liberados ainda durante a fase de declaração, esses valores só serão corrigidos a partir do dia 1 de julho.

Segundo o Fisco, isso ocorre porque a lei estabelece que só há correção a partir da data prevista para a entrega da declaração.

O diretor executivo da Confirp Consultoria Contabil, Richard Domingos, explica que não há correção a ser efetuada pelo contribuinte por falta de base legal.

Restando pouco mais de duas semanas para o fim do prazo final de entrega, 14 milhões de declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física ainda não foram apresentadas. Richard Domingos alerta para que o contribuinte não deixe a entrega da declaração para os últimos dias.

Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de 28.559 em 2019. A multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165. O valor máximo será correspondente a 20% do imposto devido.

*Com informações do repórter Victor Moraes

Jovem Pan


Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%