05 de agosto de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

CORONAVÍRUS - 25/05/2020

Doria: ‘Neste momento, não temos perspectiva de decretar lockdown’

Doria: ‘Neste momento, não temos perspectiva de decretar lockdown’

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou nesta segunda-feira (25) que não há perspectiva de decretar bloqueio total “imediato” no estado em virtude da pandemia do novo coronavírus, que causa a Covid-19. Ele ressaltou, no entanto, que as decisões do governo são tomadas a partir da observação diária da situação da doença.

“Neste momento, hoje, 25 de maio, não temos perspectiva de decretar lockdown [bloqueio total]”, disse o governador. “Mas o olhar é diário, o acompanhamento é feito diariamente e temos tomado as medidas corretas. Sendo objetivo, não há perspectiva de lockdown imediato”, afirmou em entrevista à GloboNews.

A quarentena decretada no estado vai até 31 de maio e deve ser estendida, segundo Doria. Ele mencionou também a necessidade de “medidas adicionais em locais onde é preciso melhorar o isolamento”.

Segundo o governador, haverá hoje mais uma reunião com o comitê de saúde e de economia para análise dos próximos passos diante da proximidade do fim do último período de quarentena decretado.

“Trabalhamos com um bom diálogo, bem construído. Aqui não há decisão individualizada, não há ‘achismos’. Não há divergências, antagonismos. Há análises e debates porque aqui sabemos ouvir opiniões diversas. Isso faz parte do processo democrático de boas reuniões, sem palavrões, sem ofensas, sem bater na mesa”, disse.

Uma coletiva de imprensa confirmada para a próxima quarta deve detalhar as medidas e as próximas ações do governo paulista a partir do dia 1º de junho. Doria voltou a afirmar que existe um protocolo de bloqueio total para o estado, para eventual necessidade. “Este protocolo sempre esteve pronto caso seja necessário ser aplicado.”

Neste domingo, o estado atingiu 55% de isolamento social – a capital chegou a 57%. O governo optou por antecipar feriados, que resultou em um feriadão de seis dias que termina nesta segunda. Segundo Doria, a taxa registrada “é a melhor dos últimos 21 dias”.

‘Quarentena inteligente’

Segundo o governador, a partir de 1º de junho será adotada uma “quarentena inteligente”. “A quarentena funcionou até aqui e continuará funcionando.”

Os detalhes serão apresentados na coletiva de imprensa da próxima quarta “com previsibilidade para que as pessoas se organizem”. Segundo Doria, o governo considera a “flexibilização cuidadosa e em etapas”, mas “não é imaginável que a quarentena não continue” no estado.

“Não será uma decisão homogênea, como tem sido até agora e precisava ser. Agora temos condições de deixá-la heterogênea”, disse.

De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde do estado, São Paulo tem 6.220 mortes por Covid-19 e 83.625 casos – é o estado mais afetado pela pandemia.Informações por Jovem Pan

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%