07 de dezembro de 2021
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

BRASIL - 02/10/2021

Uso de dados na mobilidade urbana é tema da terceira troca de experiências do AcessoCidades

Ouvir a matéria:
Uso de dados na mobilidade urbana é tema da terceira troca de experiências do AcessoCidades

O uso de dados para a gestão da mobilidade urbana será o tema da 3ª troca de experiências entre municípios do Brasil, Espanha e Moçambique pelo Projeto AcessoCidades: cidades mais acessíveis e conectadas. O encontro debaterá os principais indicadores e dados utilizados no planejamento e na operação dos sistemas de transporte, especialmente do transporte público coletivo. O evento será virtual, nessa terça-feira, 5, às 9h. Faça aqui sua inscrição.

Diferentes fontes de dados, potencialidades e desafios também serão discutidos na troca de experiências, com o objetivo de apoiar a elaboração de políticas públicas baseadas em evidências e de oferecer sistemas de transporte com transparência e qualidade para a população.

Estão confirmadas as presenças de Maína Celidônio, secretária de transportes do Rio de Janeiro (Brasil); Anabel Rubio, técnica da direção de mobilidade e sustentabilidade da Área Metropolitana de Barcelona (Espanha); e Armando Bembele, administrador técnico da Agência Metropolitana dos Transportes de Maputo (Moçambique). Saiba mais sobre a primeira e a segunda troca de experiências.

Mapeamento de dados
Na segunda-feira, 4, começa a etapa de preenchimento do formulário de mapeamento sobre o uso de dados abertos para gestão do transporte público do projeto. A resposta ao questionário é requisito obrigatório para o município avançar para as próximas atividades com limitação de participantes, como recebimento de capacitação e apoio técnico em mobilidade urbana.

Serão selecionados 50 municípios brasileiros (e dez europeus) para uma capacitação em dados abertos, com base na manifestação de interesse durante o mapeamento do uso de dados abertos para planejamento e gestão dos transportes. Para responder ao formulário de mapeamento, o(a) respondente, que pode ser o(a) técnico(a), gestor(a) ou secretário(a) de mobilidade urbana, precisa ter acesso às informações sobre coleta, uso e abertura de dados de bilhetagem eletrônica, GPS e GTFS, se disponíveis. Com tudo em mãos, leva em torno de dez minutos para preencher tudo.

As inscrições serão abertas no dia 4 e seguirão até 15 de outubro. Saiba mais sobre os critérios de engajamento do projeto.

Projeto
O AcessoCidades é uma iniciativa da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) com a Confederación de Fondos de Cooperación y Solidaridad (Confocos/Espanha) e a Associazione Nazionale Comuni Italiani (ANCI/Itália) e cofinanciamento da União Europeia. O projeto tem como objetivo qualificar políticas de mobilidade urbana no Brasil com vistas ao desenvolvimento sustentável e ao combate às desigualdades sociais, raciais e de gênero.

A iniciativa terá duração de três anos (entre 2021 e 2023) e quatro eixos de atuação: governança; diagnóstico e capacitação; planejamento e viabilização de boas práticas; e engajamento.

A partir disso, será possível pensar na sustentabilidade financeira do serviço de transporte público, na inovação tecnológica para qualificação e eficiência no setor, na mobilidade ativa e na regulamentação do transporte individual por aplicativos, entre outros.

Para dúvidas e mais informações, entre em contato pelo e-mail: [email protected]

Por Frente dos Prefeitos

Redator: Jalila ArabiEditor: Paula Aguiar

Mais notícias