25 de maio de 2022
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

BRASIL - 16/05/2021

Copacabana Palace será multado em mais de R$ 15 mil por festa com 500 pessoas

Ouvir a matéria:
Copacabana Palace será multado em mais de R$ 15 mil por festa com 500 pessoas

A prefeitura do Rio de Janeiro irá autuar o hotel Copacabana Palace pelo evento realizado na noite da última sexta-feira (14) que reuniu cerca de 500 pessoas. O espaço terá que pagar uma multa de R$ 15 mil e ficará proibido de realizar novos eventos.

Após afirmar por meio da Vigilância Sanitária que não havia sido encontrada nenhuma irregularidade no evento, o secretário de Ordem Pública, Breno Carnevalle, afirmou que imagens que circulam nas redes sociais mostraram o contrário do que foi visto após visita da equipe no local.

"Ontem (14), recebemos a informação desse evento pela manhã. A Seop e a Vigilância Sanitária estiveram no local e, naquele momento, as regras estavam sendo respeitadas. Com isso, foi feito um Registro de Vigilância Sanitária. O responsável pelo estabelecimento, então, assinou um termo assegurando que aquelas normas seguiriam sendo cumpridas por toda a noite. As provas já colhidas, como vídeos e imagens, mostram uma pista de dança que não existia quando a Prefeitura esteve lá, por exemplo. Os registros mostram que não houve fiscalização sobre o uso de máscaras".

A festa contou com shows de Ludmilla, Gusttavo Lima, Dudu Nobre, Mumuzinho e Alexandre Pires. Por meio das redes sociais, a promoter Carol Sampaio negou que tenha organizado a lista de convidados do evento, e que foi contratada apenas para cuidar do cerimonial.

Em nota, o Copacabana Palace disse ter cumprido todas as exigências do decreto municipal publicado no Diário Oficial de 7 de maio, com validade até o dia 20 deste mês.

Segundo o decreto, estão permitidas festas que não sejam de natureza comercial. Como não houve venda de ingressos, o evento está dentro da regra.

"O hotel reforça para seus contratantes externos que o comprometimento com as recomendações das autoridades é um pré-requisito para que os eventos aconteçam. Adotamos um protocolo de prevenção e combate à Covid-19 de acordo com as regras vigentes, de modo que a saúde e segurança de hóspedes, funcionários e clientes são nossa maior prioridade", diz o texto. Informações por Bahia.ba

Mais notícias