08 de maio de 2021
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

BRASIL - 15/04/2021

“Não passamos mão na cabeça”, diz presidente da Câmara sobre Jairinho

Ouvir a matéria:
“Não passamos mão na cabeça”, diz presidente da Câmara sobre Jairinho

Rio de Janeiro – O presidente da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, Carlo Caiado (DEM), é taxativo: “Não passamos mão na cabeça”. A declaração se refere ao fato de o parlamento ter suspenso o salário do médico e vereador Jairo Souza Santos Junior (sem partido)Padrasto do menino Henry Borel Medeiros, de 4 anos, Dr. Jairinho e a mãe da criança, Monique Medeiros da Costa e Silva de Almeida, estão presos acusados de envolvimento na morte do garotinho.

Em entrevista exclusiva ao Metrópoles, Caiado pontua que o Regimento Interno da Casa é rígido, mas anuncia que já foi criada uma Comissão Especial para debater possibilidade de mudanças. Segundo a polícia, mãe e padrasto serão indiciados por homicídio qualificado e tortura do menino, morto no dia 8 de março. Na história da Câmara do Rio, nunca um vereador enfrentou processo de cassação.

O senhor chorou ao falar sobre o menino Henry, mas a legislação ainda não permite o afastamento do vereador. O senhor acha que em casos de homicídios a legislação tem de ser mudada?

No plenário, fiquei emocionado quando citei as minhas duas filhas. A gente não pode aceitar violência a qualquer ser humano, ainda mais com uma criança. Os vereadores ficaram muito perplexos com as notícias do Dr. Jairo. Ele frequenta a Câmara desde 17 anos ou 16 anos, todo mundo conhece ele.

Informações por Metrópoles




Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%

Mais notícias