17 de abril de 2024
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

BAHIA - 19/03/2024

Alimentação escolar da rede estadual de ensino no Sudoeste Baiano ganhará reforço com produtos da agricultura familiar

Alimentação escolar da rede estadual de ensino no Sudoeste Baiano ganhará reforço com produtos da agricultura familiar

Nesta segunda-feira (18/03), foi realizado um encontro no Colégio Estadual Professora Heleusa Figueira Câmara, em Vitória da Conquista, com diretores e diretoras das escolas estaduais do território Sudoeste Baiano, dirigentes e equipes técnicas da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). O objetivo foi debater formas de tornar a alimentação escolar mais nutritiva e diversificada, especialmente, com a inserção de novos produtos da agricultura familiar.

 

Para garantir alimentos de qualidade e nutritivos para estudantes da rede estadual de ensino, o Governo do Estado destinou R$ 410 milhões para a alimentação escolar, no ano letivo de 2024, sendo R$ 92 milhões por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

 

"Hoje, tivemos um encontro muito importante. Reunimos gestores (as) da rede estadual de ensino e a agricultura familiar do território, que tem potencial para fornecer produtos para a alimentação escolar, que foram apresentados. Esse são também compromissos da CAR:  a alimentação saudável dos estudantes e o apoio à agricultura familiar, garantindo o desenvolvimento integral dos alunos e contribuindo para a geração de renda de milhares de famílias de agricultores e agricultoras", destacou o diretor-presidente da CAR, Jeandro Ribeiro

 

Lenira Figueiredo, diretora-geral do Núcleo Territorial de Educação (NTE), do Sudoeste Baiano, demonstrou entusiasmo pela ampliação dessa ação. "Nós somos grandes entusiastas da agricultura familiar e da boa alimentação das escolas. Acho que nossos estudantes merecem. Essa parceria em que os nossos diretores podem de fato ver o produto e fazer negócio nessa feira é muito importante e superou, em muito, as nossas expectativas, porque os agricultores atenderam ao nosso chamado e os diretores também".

 

Ellen Caires, diretora do Colégio Estadual José Moreira Cordeiro, do município de Cordeiros, ressaltou que esse evento foi importante para que gestores e gestoras da rede estadual de ensino pudessem conhecer outros produtos para ampliar a quantidade de produtos da agricultura familiar e melhorar a alimentação escolar. "Nós já utilizamos produtos in natura, farinha de mandioca, biscoitos, tapioca, polvilho azedo, e adquirimos direto dos produtores. Isso faz com que a alimentação escolar ganhe em qualidade".

 

Celene Marinho, da Associação Vila Corina, do município de Encruzilhada, falou sobre a importância dessa parceria com o Estado, no âmbito do PNAE, que viabiliza o escoamento da produção e incentiva a diversificação das culturas. Hoje, a associação produz aipim, mandioca, café, abóbora, melancia, cenoura, tomate, que antes não produzia, e passou a produzir e a entregar para as escolas. Ela ressaltou que o preço pago pelo Estado é justo.

 

"É um incentivo para homens e mulheres e também para os nossos jovens, filhos de agricultores e agricultoras, para continuarem o trabalho no campo. Nós somos muito importantes, porque nós, da agricultura familiar, somos responsáveis de colocar na mesa do consumidor 70% dos alimentos consumidos", enfatizou Celene.

 

O diretor do Colégio Estadual de Ribeirão do Lago, Higgo Lopes, ressaltou o quanto esses produtos da agricultura familiar têm feito diferença na alimentação de estudantes. "Desde 2009, com a obrigação da gente contratar 30% do mínimo da agricultura familiar, a gente viu um avanço na qualidade nutritiva da alimentação dos nossos alunos. Hoje, a gente aplica 100% do recurso na agricultura familiar e a gente vê um ganho substancial no dia a dia da escola. A gente consegue oferecer uma alimentação mais nutritiva, mais saudável e, ao mesmo tempo, a gente consegue fazer com que o agricultor também produza e tenha a garantia de que seu produto vai ser adquirido pela nossa escola".

 

Participaram do evento Miro Conceição, professor da Universidade Estadual do Sudoeste Baiano (UESB), a equipe da CAR no território Sudoeste, Simone Araújo, da Assessoria de Planejamento e Gestão (APG), da SDR e representantes de associações e cooperativas de diversos municípios do território Sudoeste.

 

 


Fotos: Marta Medeiros

 



Silvia Costa 

Assessoria de Comunicação da CAR 

Mais notícias