28 de outubro de 2021
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

BAHIA - 16/07/2021

Produção de ovos de comunidades rurais de Juazeiro ganham espaço em mercado da região

Ouvir a matéria:
Produção de ovos de comunidades rurais de Juazeiro ganham espaço em mercado da região

A produção de ovos do distrito de Massaroca, em Juazeiro, ganhou espaço nas prateleiras de estabelecimentos comerciais da região. Com investimentos do Governo do Estado na Cooperativa Agropecuária Familiar de Massaroca e Região (Coofama), os agricultores familiares cooperados têm aumentado a criação de galinhas caipiras e garantido renda com a venda dos ovos.  

A Coofama vem recebendo recursos da ordem de R$1,1 milhão, por meio do projeto Pró-Semiárido. Com a estruturação de aviários, acompanhamento técnico continuado, adequação das unidades de ovos e apoio técnico e na gestão, atualmente, estão sendo vendidos pela cooperativa 54 mil ovos por mês, beneficiando diretamente 90 agricultores familiares das comunidades de Canoa, Cachoeirinha, Curral Novo e Lagoa do Meio.  

Rogério Serafim nasceu na comunidade de Lagoa do Meio e conta que, antes da chegada do Pró-Semiárido, trabalhava fora da comunidade, para terceiros: "Com os investimentos, voltei para minha terra e comecei na cooperativa como produtor de ração. Consegui comprar 50 galinhas e comecei a botar em prática meu objetivo, que era ser meu próprio patrão. Minha renda vem da agricultura familiar. Hoje tenho mais de 200 galinhas produzindo e para produzir, daqui a dois anos terei umas 600".  

 

Toda a produção da Coofama é levada para o Entreposto de Ovos da Caatinga, primeiro empreendimento da agricultura familiar certificado pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM) do município, que foi implantado também com o apoio do Pró-Semiárido. No entreposto, os ovos passam pelo processo de higienização, classificação e ovoscopia, processo que identifica se o ovo tem algum problema. Os ovos são comercializados em mercados na sede do município de Juazeiro, na Central da Caatinga, nos distritos próximos e em pequenos mercados de comunidades da região.  

 

Para Jaciara dos Santos, da comunidade de Canoa, trabalhar com a criação de galinhas e a venda dos ovos representa independência: "Mora eu e meu pai, que é aposentado e precisa dos meus cuidados. Com o trabalho na minha roça eu faço meus horários. Hoje, estou com 280 aves com postura e tiro, em média, R$1.700,00 por mês".  

 

Os agricultores familiares utilizam o sistema de produção caipira ou capoeira, como é chamada regionalmente, onde as aves pastejam e são suplementadas ao fim do dia, um manejo que preza pelo bem estar animal.  

 

A Coopama também recebe investimentos no sistema produtivo da caprinovinocultura, nos quintais produtivos e na readequação da unidade de beneficiamento de frutas. Será construído ainda um quiosque, às margens da BR 324, com o objetivo de comercializar os produtos da cooperativa, além de realizar a feira agroecológica semanal.  

 

O Pró-Semiárido é executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Fundo Internacional para Desenvolvimento Agrícola (FIDA). 



Assessoria de Comunicação SDR/CAR 

Mais notícias