09 de agosto de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

BAHIA - 07/12/2019

Bahia tem aumento de 40% dos roubos e furtos de armas de empresas de segurança

Bahia tem aumento de 40% dos roubos e furtos de armas de empresas de segurança

As armas das empresas de segurança privada têm sido fonte de organizações criminosas que atuam no país. E na Bahia a situação não é diferente. De acordo com dados da Polícia Federal, entre 2016 e 2019, foram registrados 234 furtos e roubos de armamento dos 162 estabelecimentos que funcionam no estado. As ocorrências levam em consideração apenas os meses entre 1º de janeiro e 31 de julho de cada ano.

No entanto, o que chama mais a atenção é o fato de que houve, no período, um aumento de 40% dos crimes em empresas - matriz ou 1ª filial - que funcionam no estado. O resultado vai na contramão nacional, que teve redução de 29% dos casos.

Apesar da alta registrada na Bahia, o primeiro semestre de 2019 teve uma redução nos crimes de furto e roubo de armamento privado. A queda foi de 47% se comparado com o mesmo período de 2016. Mesmo assim, o estado continua atrás da variação nacional, que foi negativa em 55,3%.

O material levado pelas quadrilhas ainda envolve coletes à prova de balas e munições. Na Bahia, o equipamento desviado no período representa 2% de todo o estoque das empresas de segurança atuantes no estado. Todos os dados foram obtidos e analisados pelo BNews por meio de relatórios da Controladoria Geral da União.

De acordo com a Polícia Federal, todas as empresas de segurança privada especializadas são fiscalizadas, pelo menos uma vez por ano, em cada uma das dependências, por ocasião das revisões das autorizações de funcionamento, entre outras ocasiões determinadas pela legislação, como vistorias de veículos de transporte de valores, alterações de endereço, etc. B NEWS

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%