29 de março de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍTICA - 01/02/2020

Targino avalia sessão de votação da PEC da Previdência como 'barbárie'

Targino avalia sessão de votação da PEC da Previdência como 'barbárie'

Em uma sessão marcada por tensão, protestos, invasão do plenário e intervenção do Batalhão de Choque da Polícia Militar da Bahia, o balando que do líder da Oposição da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Targino Machado (DEM), é de que as cenas desta sexta-feira (31) foram de "barbárie".

 

O parlamentar lamentou os episódios e acredita que os manifestantes, na maioria policiais civis, "atiraram nos próprios pés". "Se não fosse pela confusão e violência [o governo] não conseguiria votar nem em primeiro turno, porque todos os deputados iriam discursar e quando desse meia noite a sessão teria que acabar", opinou Targino.

 

"Lamento profundamente os atos de vandalismo, violência, nunca podia imaginar ver o que vi. O plenário ser invadido por 'policias', de arma em punho", reclamou o democrata.

 

Targino está na lista dos deputados que votaram contra ao texto da PEC da Previdência nos dois turnos. A crítica do líder da oposição é de que o projeto foi enviado as pressas e sem informações importantes que os deputados deveriam ter acesso para julgar de modo coerente o texto. "Fui contra o mérito, a forma como foi encaminhada para a Casa. Apenas três folhas de papel para uma PEC, onde não se encaminhou os cálculos, nem sequer para os deputados, de quanto se pretendia fazer de economia com a proposta", justificou Targino ao Bahia Notícias. BN

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%