20 de abril de 2021
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FEIRA DE SANTANA - 24/02/2021

Presidente do Sindicato dos Agentes de Endemias diz que não houve escalonamento para vacinação

Presidente do Sindicato dos Agentes de Endemias diz que não houve escalonamento para vacinação

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana publicou uma nota no dia de ontem (23), informando que os agentes de endemias desrespeitaram o cronograma para aplicação da segunda dose da vacina contra a covid-19, realizada na Igreja Evangélica Avivamento Bíblico.

De acordo com o presidente, Roberto Carvalho, a categoria foi informada da aplicação da vacina, na segunda-feira (22) à noite e que todos os agentes que receberam a primeira dose nos dias 25 e 26 de janeiro, deveriam comparecer na Igreja Evangélica, para receber a segunda dose.

Foto: Arquivo Pessoal

"A Secom fez uma nota, onde essa por sua vez não é verídica. Não existiu um cronograma de vacinação, nós fomos informados na segunda à noite pela coordenação de endemias que a vacina seria na terça para todos os agentes que receberam a primeira dose nos dias 25 e 26 de janeiro. E, nesse primeiro momento, o sindicato fez uma interferência no sentido de que todos os agentes fossem vacinados em postos de saúde, porque eles queriam que fossemos vacinados no Avivamento Bíblico, mas informamos sobre a questão do deslocamento e aglomeração e acataram a nossa sugestão, mas desta vez fomos surpreendidos, pois já estava confirmado a segunda dose lá na Igreja", explicou.

Ainda segundo o presidente, mais de 250 agentes de endemias receberam a segunda dose no dia de ontem (23) e pela falta de estrutura do local, não havia a possibilidade de manter o distanciamento entre as pessoas.

"Ontem foram mais de 250 profissionais que receberam a vacina e não foi desrespeito dos agentes, porque um local daquele com tanta gente, não tinha como manter o distanciamento. O que faltou foi a coordenação elaborar um escalonamento para que esses profissionais tomassem as vacinas em dias alternados e não houve esta informação, tanto que apenas uma equipe esteve no local e faltaram imunizantes. Por diversas vezes tentamos entrar em contato com alguém da Secretaria de Saúde, mas só conseguimos ter um retorno depois de meio-dia e já estava formado com o grande quantitativo de profissionais. Aqui quero deixar claro que o Sindicato preza pela saúde dos profissionais, sabemos que tivemos essa intercorrência, mas estamos aqui para somar nesse momento não importante, porque também estamos lidando com vidas e cuidando de vidas e precisamos da nossa saúde preservada", concluiu. Informações por ACORDA CIDADE

Dilton Coutinho

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%

Mais notícias