20 de fevereiro de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FEIRA DE SANTANA - 13/02/2020

Vereador Roberto Tourinho reclama da falta de energia elétrica no Centro de Abastecimento

Vereador Roberto Tourinho reclama da falta de energia elétrica no Centro de Abastecimento

O Centro de Abastecimento de Feira de Santana voltou a ser tema do pronunciamento do vereador Roberto Tourinho (PV), na sessão ordinária desta quarta-feira (12), na Casa da Cidadania. Ele reclamou que o entreposto está sem energia elétrica.

“O ex-prefeito José Ronaldo e o atual Colbert Martins resolveram acabar, enterrar definitivamente o Centro de Abastecimento. Construíram o Shopping Popular no local, em uma área nobre, e o Centro virou um puxadinho do Shopping Popular. Hoje, o mais importante é o shopping, mais do que o maior entreposto comercial do interior do Norte/Nordeste”

Para Tourinho, a Parceria Público Privada (PPP) realizada entre a Prefeitura de Feira de Santana e o Consórcio Centro Popular responsável pela construção do shopping “beneficiou os chineses e os empresários de Belo Horizonte que vieram tirar dinheiro da cidade”.

 “A quarta-feira é um dos dias mais importantes do Centro de Abastecimento. Dia que chegam os caminhões, frutas e grande quantidade de mercadoria. Mas o Centro amanheceu sem luz, sem água, um verdadeiro caos.”, protestou. 

 “Atendendo a pedido do Shopping Popular, a Prefeitura de Feira de Santana solicitou da Coelba a instalação da rede de energia elétrica.  A Coelba foi realizar o serviço e desde ontem à noite, hoje pela manhã, está lá o Centro sem luz. Não está funcionando o galpão de carnes, de cereais, onde comercializa os peixes, a bomba não funciona e, consequentemente, não tem água. Mas por que se preocupar com o Centro de Abastecimento? A Prefeitura está preocupada em colocar R$ 16 milhões na mão de um aventureiro e que responde a uma grande quantidade de processos”, declarou

O parlamentar argumentou que, em 2003, quando o prefeito José Ronaldo integrou o Sistema de Transporte Coletivo transformou os motoristas de vans, que eram autônomos, em funcionários dos empresários do transporte coletivo. “Sabe o que aconteceu? Acabou, destruíram o transporte coletivo. Ele e o secretário Borges Júnior. Essa turma só se preocupa em destruir, destruíram o alternativo e agora vão destruir o Centro de Abastecimento”, finalizou.

ASCOM CÂMARA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%