16 de dezembro de 2019
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FEIRA DE SANTANA - 01/12/2019

SMT usará guincho próprio para remover veículos enquanto apura denúncia

SMT usará guincho próprio para remover veículos enquanto apura denúncia

Pela segunda vez  em menos de dois meses estão suspensos os serviços da empresa Resoluti, contratada pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) para remover veículos flagrados em irregularidades, em Feira de Santana.

Segundo a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom), o trabalho operacional e técnico da responsabilidade da Resoluti, licitada para tal, será realizado pela própria SMT, com um guincho de sua propriedade, até que sejam concluídas as apurações de uma denúncia de procedimento indevido de funcionários em uma ação recente no centro da cidade.

Ainda segundo a Secom, a medida foi determinada pelo prefeito Colbert Martins Filho e cumprida pelo titular da SMT, Maurício Carvalho.

 "A conduta indevida de prepostos da empresa foi divulgada em um vídeo nas redes sociais, neste final de semana, que mostra um veículo sendo removido de forma inadequada (parte traseira de um automóvel estava fora do alcance da carroceria do guincho)", descreveu a Secom.

De acordo com  a secretaria, a suspensão vai durar até que os fatos sejam devidamente apurados. Agentes da SMT envolvidos nesta operação serão afastados da escala do serviço de remoção, também até o resultado de uma investigação interna do episódio.

A empresa  será convocada imediatamente para prestar esclarecimentos acerca do ocorrido. Uma vez confirmada a postura, condenada pelo prefeito e também pelo superintendente de Trânsito, serão adotadas as providências previstas em contrato (aplicação das devidas sanções), para atos que não estejam em conformidade com as orientações do Governo Municipal.

Os serviços da empresa estão suspensos desde sábado (30). A SMT suspendeu pela primeira vez os serviços de remoção de veículos prestados pela Resoluti em outubro deste ano após um guincho reserva da empresa ser autuado e apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), enquanto se deslocava de uma garagem para outra. ACORDA CIDADE/DILTON COUTINHO

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%