25 de junho de 2022
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

ELEIÇÕES 2020 - 09/12/2019

Targino declara apoio à pré-candidatura de Bruno Reis: “deveria ter trabalho em seu sobrenome”

Targino declara apoio à pré-candidatura de Bruno Reis: “deveria ter trabalho em seu sobrenome”

O deputado estadual Targino Machado (Democratas), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), declarou, nesta segunda-feira (9, apoio à pré-candidatura de Bruno Reis (Democratas) à Prefeitura de Salvador nas eleições do próximo ano. Para Targino, o resultado da pesquisa feita pela Real Time Big Data, encomendada pela Rede Record Bahia e divulgada nesta segunda, mostra que a cidade já reconhece o trabalho de Bruno e, mais recentemente, sua atuação como vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas. 

“Bruno tem qualidades diversas, mas destaco sua dedicação a Salvador, seu conhecimento da cidade e, notadamente, sua capacidade ímpar de trabalho. Aliás, Bruno Reis deveria ter trabalho em seu sobrenome diante de sua atuação em Salvador, conduzindo obras importantes em toda a cidade”, destacou o parlamentar. 

Targino ressaltou que a declaração de apoio a Bruno vem de todos os deputados da oposição e frisou que o resultado da pesquisa não foi surpresa. O vice-prefeito aparece no levantamento com 20% das intenções de votos, com ampla vantagem em relação aos demais. “Quem conhece Bruno sabe que esse resultado já era esperado. Inclusive, acredito que tende a crescer à medida que ele mantenha o seu ritmo de trabalho. O povo já está dando a resposta”, pontua. 

O deputado lembra, ainda, que Bruno já havia se destacado na prefeitura atuando como secretário de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps), antes de ser eleito vice-prefeito ao lado do prefeito ACM Neto. “Na Semps, Bruno trabalhou demais em prol daqueles que mais precisam, e teve essa atuação reconhecida. Não tenho dúvidas de que é o melhor nome para dar continuidade ao legado que ACM Neto vai deixar em Salvador”, afirma. Bahia Jorna

Mais notícias